Petista defende Bolsonaro

Valdir Barranco disse ser contra outro processo de impeachment

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Filiado ao PT da ex-presidente Dilma Rousseff – cujo mandato terminou antes do previsto por conta de um processo de impeachment – o deputado estadual Valdir Barranco usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso para dizer que defende que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) “vá até o último dia de mandato”.

A fala de Barranco foi feita durante um discurso em que ele defendeu que não haja uma “ruptura democrática” no país, mas também aproveitou para criticar a forma como o atual presidente vem conduzindo a nação.

O petista acabou cedendo parte do tempo que tinha de fala para o colega Silvio Fávero, que é filiado ao PSL. O parlamentar correligionário de Bolsonaro, então, citou a manifestação pró-governo prevista para ocorrer no domingo (26) e disse que é cedo para fazer qualquer julgamento acerca do desempenho do presidente.

“Trocar o nosso presidente agora? quem ganha com isso?”, questionou Fávero, que foi respondido por Barranco: “Não quero que troque, quero que ela vá até o último dia de mandato. Digo isso sempre, o resultado das urnas precisa ser respeitado”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS