Espancada pelo marido em aldeia do TO, índia morre em hospital de Cuiabá

O espancamento aconteceu em uma aldeia da etnia Karajá localizada no Estado do Tocantins

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma indígena identificada como Myriwekede Karaja, 36 anos, que estava internada no Hospital Municipal de Cuiabá após ser espancada pelo marido, também indígena, morreu nesse domingo (10).

O espancamento aconteceu em uma aldeia da etnia Karajá localizada no Estado do Tocantins, na divisa com São Félix do Araguaia (1060 km de Cuiabá).

Após a agressão, a vítima foi internada em São Félix do Araguaia e, devido à gravidade dos ferimentos, precisou ser transferida para Cuiabá.

Nesse domingo, porém, por volta das 10h50, ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá foi acionada apenas para fazer a liberação do corpo de Myriwekede no Hospital Municipal de Cuiabá.

Porém, como o caso aconteceu no Tocantins não será investigado pela Polícia Civil de Mato Grosso, inclusive, segundo a assessoria da PJC-MT, não há registro de ocorrência em nome da vítima em São Félix do Araguaia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVenda de veículos novos caiu 16% em Mato Grosso
Próximo artigoReabertura de escolas em Cuiabá