Freezer na PCE: Gaeco cumpre mandados contra policiais militares

Operação é continuidade da investigação da Polícia Civil

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) cumpre, na manhã desta quarta-feira (21), mandados de prisão contra policiais militares supostamente envolvidos na entrada de um freezer “recheado” de celulares na Penitenciária Central do Estado.

A princípio, a operação está sendo mantida em sigilo pelo Ministério Público. A assessoria da Polícia Miliar, porém, confirmou que a Corregedoria já acompanha as prisões e a investigação.

No dia 6 de junho, 86 celulares, dezenas de carregadores, chips e fones de ouvidos foram entregues na PCE, localizada em Cuiabá, dentro de um freezer.

Investigações da Polícia Civil apuraram que cerca de 40 minutos após a entrega, três policiais militares foram à penitenciária e se reuniram com os diretores e com o preso que receberia os produtos.

No dia 18, a própria Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), cumpriu sete mandados de prisão. A Operação Assepsia apurava o envolvimento de policiais, diretores da PCE e membros do Comando Vermelho na entrega.

Os presos foram na ocasião: Revetrio Francisco da Costa, diretor da PCE, Reginaldo Alves dos Santos, sub-diretor da PCE, Cleber de Souza Ferreira, ten. PM – 3º BPM, Ricardo de Souza Carvalhaes de Oliveira, sub ten. PM – Rotam, Denizel Moreira dos Santos Jr., cabo PM – Rotam, Paulo Cesar da Silva, vulgo “Petróleo”, preso – Comando Vermelho, e Luciano Mariano da Silva, vulgo “Marreta”, preso – Comando Vermelho.

Outro lado

Em nota, o Comando Geral de Polícia Militar informou que a Corregedoria está acompanhando e auxiliando os agentes do Ministério Público Estadual. Além disso, a Polícia Militar também instaurou procedimentos investigatórios, sendo um Inquérito Policial Militar (IPM) e uma sindicância, ambos estão em tramitação.

Leia também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSoesp participa de Dia de Campo com produtores em Mato Grosso
Próximo artigoGuedes: governo vai acelerar privatizações até final do ano

O LIVRE ADS