Empreendedorismo: a força necessária e capaz de salvar o Brasil

Compreender novas iniciativas, implementar novos negócios e apontar soluções criativas faz parte do mundo do empreendedorismo. Para além dessa força capaz de transformar realidades, o empreendedorismo cumpre uma função social com geração de emprego e distribuição de renda.

Participar da reunião da Frente Parlamentar do Empreendedorismo (FPE) que trabalha pela melhoria do ambiente de negócios e de segurança jurídica para o empreendedor é de suma importância. Debatemos sobre o que acreditamos ser o principal responsável pelas oportunidades do país.

Na última reunião da FPE em Brasília pudemos partilhar as experiências com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que ressaltou a importância do empreendedorismo como força do país. Temos a liberdade econômica, a reforma administrativa e a tributária como pautas prioritárias para o Brasil.

Mesmo num ambiente inóspito para os negócios, onde o ambiente empreendedor no Brasil é complexo, composto com muita burocracia, impostos e falta de planos econômicos que ofertem financiamentos aos empreendedores. Enquanto gestor do Grupo Cometa, que atua há quase 50 anos no mercado de automóveis e no mercado agropecuário, movimentamos a economia com emprego e renda.

A Responsabilidade Social é uma preocupação do Grupo e com o Instituto Cometa desenvolvemos projetos voltados para a área ambiental, cultura, educacional, inclusão digital e empreendedorismo que são capazes de formar pessoas, trabalhar liderança, além de auxiliar instituições que promovam o crescimento pessoal. Nessa toada, o Instituto Cometa em parceria com a Unemat e a Fapemat, realiza o programa “Negócio de Futuro” que tem objetivo de reunir iniciativas voltadas para o incentivo e apoio ao empreendedorismo.

O Programa contará com cursos de qualificação e formação, através de consultoria e mentoria de negócios para atendimento, cliente, gestão financeira, equipe, liderança e Marketing. Além do conhecimento, será disponibilizado um apoio financeiro de cotas financeiras para os finalistas.

O fundamental desse programa é priorizar empreendedores de pequeno porte em funcionamento, de forma a potencializar ações e contribuir efetivamente para a geração de emprego e renda para a população do município de Cáceres e região.

A FPE existe para melhorar o ambiente do empreendedor e juntamente com o programa “Negócio de Futuro” promove um auxílio para os empreendedores atuarem da melhor forma.

Francis Maris é empresário e ex-prefeito de Cáceres por dois mandatos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFort Atacadista sorteia 22 carros 0km neste sábado (18)
Próximo artigoCaso Isabele: STJ nega liberdade à atiradora