E o futuro? O que espera a juventude brasileira para os próximos anos

Ao olhar para o futuro como governantes, jovens dizem que teriam vacina contra covid-19 para todos como prioridade

(Foto: cottonbro / Pexels)

É notável que a pandemia tem afetado a vida da juventude no Brasil. Aumento no número de desempregados, evasão escolar e complicações na saúde mental são pontos a serem citados. Mas e o futuro? O que os jovens brasileiros pensam para os próximos anos?

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) reuniu as respostas no Atlas da Juventude.

O relatório da entidade aponta que, ao olhar para o futuro colocando-se no lugar de governantes do país, 59% os jovens indicam como prioridade para o atual momento da pandemia a garantia à vacina contra a covid-19 para todos.

Os números variam de acordo com a região do país onde os entrevistados moram. No Centro-Oeste, 58% dos jovens enxergam a vacina como prioridade.

Em segundo lugar, 29% o planejamento de ações para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS). A criação de um plano de recuperação econômica vem em terceiro lugar.

Futuro…

“A maioria dos jovens concordam que os profissionais e o sistema de saúde são mais valorizados pela população e que processos de ensino-aprendizagem estarão cada vez mais conectados as tecnologias digitais”, diz o relatório.

Mais da metade dos jovens acredita que a área da ciência e da pesquisa será mais valorizada. Apesar disso, a maioria discorda que a população não estará mais atenta às fontes e veracidade das notícias.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresas efetivaram 22% dos empregados temporários no primeiro semestre
Próximo artigoMP vai fiscalizar reabertura das escolas para assegurar retorno a partir da próxima semana