Dicas para evitar erros em uma reforma

(Foto: Reprodução/O Livre)

Fazer uma reforma é sempre algo que envolve muitas emoções – tem gente que ama mudar a casa, dar uma cara nova para os ambientes e renovar sempre. Em contrapartida, tem muita gente que faz o possível para adiar até quando der, porque a última coisa que quer é bagunça e pó pela casa.

E, convenhamos, toda reforma tem seu ônus e bônus, mas uma reforma é sempre necessária – e pode ser super tranquila se feita com o devido acompanhamento! E, para além de um profissional, existem algumas dicas que ajudam a diminuir as dores de cabeça ao longo do processo – e os prejuízos!

(Foto: Reprodução/O Livre)

Todo e qualquer orçamento deve incluir uma parte para imprevistos – algo entre 10% a 15%, isso evita gastos a mais no meio do caminho e também a possibilidade de estender os dias de obra.

O orçamento também deve incluir as taxas que podem surgir ao longo da mudança – como a solicitação de licenças e permissões para instalações hidráulicas, elétricas, modificações na planta. Verifique junto ao responsável pela obra o que será necessário para sua reforma, onde serão as mudanças e já veja com os órgãos competentes quanto isso irá sair. Desta forma é possível riscar essas taxas de possíveis imprevistos e já ter um orçamento mais pé no chão.

(Foto: Reprodução/O Livre)

Tente evitar ficar no meio da bagunça – em especial se você ou alguém da sua família possuir alergias. Toda a poeira, quebradeira e vaivém da equipe podem deixar qualquer um cansado. Se possível for, já veja para ficar com amigos, em hotel ou veja alguma logística dentro de casa para que você só tenha que se preocupar em ver o resultado final – dependendo do tamanho da reforma, é possível continuar em casa de forma tranquila, mas se não for, risque esse estresse da sua lista!

Não feche com o primeiro material que você bateu o olho e gostou! Faça uma análise profunda de prós e contras e pese diversos materiais – nem sempre o seu preferido será o melhor para o seu bolso a longo prazo.

E por falar em material, veja todos os possíveis ainda na fase de orçamento – verifique todas as etapas da sua reforma e inclua tudo no orçamento, nada de deixar para última hora para ver os materiais de acabamento, por exemplo.

Se informe de tudo com antecedência para não ter que fazer concessões de última hora e nem para não ser vencido (a) pelo cansaço e vontade de ter a casa pronta logo!

Ah, e na hora de montar a equipe de trabalho, corra atrás de indicações e de bons profissionais!

(Foto: Reprodução/O Livre)

Com essas dicas, garanto que sua próxima reforma será mais tranquila!

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA discriminação algorítmica na seleção ao emprego
Próximo artigoA revolução silenciosa dos meios de pagamento