“Desafio para 2020 é fortalecer imagem do agro”, diz presidente da FPA

Alceu Moreira também destacou o acesso à renda para o produtor e fez duras críticas aos cortes no orçamento do Mapa

Foto: FPA

O fortalecimento da imagem do agro brasileiro no mercado internacional é um dos desafios da Frente Parlamentar da Agropecuária para o próximo ano, segundo o deputado e presidente da FPA, Alceu Moreira (MDB-RS).

Durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira (10), ele também destacou temas como acesso à renda, investimentos em tecnologia, pesquisas para os produtores rurais e fez duras críticas ao corte de recursos para a Embrapa.

“A bancada dá sustentação política e em 2020 vamos fazer a pressão legítima. Temos uma série de propostas que estão prontas para votação, como o novo marco legal do licenciamento ambiental, o projeto que trata de terras para estrangeiros, a regulamentação das parcerias público-privadas e a Medida Provisória 897/2019″, disse o líder de uma das bancadas mais expressivas do Congresso, com 247 deputados e 40 senadores.

Cortes no orçamento

Moreira criticou os cortes no orçamento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Segundo ele, o corte é de quase metade do valor destinado para a Embrapa em 2019.

A proposta orçamentária do governo prevê R$ 1,982 bilhão à estatal no próximo ano, redução de R$ 1,732 bilhão sobre o valor aprovado para este ano, que foi de R$ 3,634 bilhões.

“É inaceitável a redução de recursos para o Ministério da Agricultura no ano que vem após todo o respaldo dado pelo setor ao governo”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS