Brecha na lei que nem existe

Indústria já avalia usar banco de horas de funcionários para não ter que parar nos feriados antecipados pelo governo de MT

(Foto: Pixabay)

O Governo de Mato Grosso sequer decidiu como ou se vai mesmo antecipar feriados para tentar frear a disseminação da covid-19 e o setor das indústrias já está estudando como continuar funcionando nos “dias de folga”.

Em nota encaminhada no fim da tarde desta sexta-feira (19) à imprensa, o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira, afirmou que “já está buscando garantir que indústrias cuja atividade não possa ser paralisada tenham a possibilidade de aplicar banco de horas durante o período”.

LEIA TAMBÉM

Segundo a Federação, a proposta do governo é antecipar os feriados do Dia do Trabalhador, Dia da Consciência Negra e aniversários dos municípios para os dias 24, 25 e 26 de março (quarta, quinta e sexta da próxima semana).

Na semana seguinte, a quinta-feira (1º de abril) seria “emendada” à Sexta-feira Santa, comemorada no dia seguinte, numa espécie de feriado prolongado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de MT debate antecipar feriados nas próximas duas semanas
Próximo artigoApoio da Fecomércio