Acidente na Serra de São Vicente deixa uma vítima fatal e outra em estado grave

O caminhão dirigido pela vítima fatal tinha placas de Várzea Grande

Foto: Corpo de Bombeiros

Um acidente na sexta-feira (10), envolvendo três veículos de carga, deixou uma vítima fatal e outra em estado grave. A colisão aconteceu por volta das 14h45, no KM 368 da BR-364, trecho na Serra de São Vicente. As duas vítimas ficaram presas às ferragens. O terceiro motorista envolvido saiu ileso.

A Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, foi acionada e encaminhou uma equipe médica para atender às vítimas. Uma delas morreu no local e a outra foi encaminhada em estado grave para o Pronto Socorro de Cuiabá.

A primeira colisão foi frontal e envolveu um caminhão MB 1516 de cor azul, com placas de Várzea Grande, e uma carreta Iveco Stralis de cor branca, com placas de Campo Grande (MS). Na sequência, uma carreta Volvo FH 540 de cor branca, com placas de Amabai (MS), bateu na lateral da Iveco Stralis.

O motorista que morreu viajava no caminhão com placas de Várzea Grande e carregava galões de água. O que ficou ferido estava no Iveco Stralis que bateu de frente com a vítima fatal.

Com a colisão, houve derramamento de combustível e, devido ao risco, a Secretaria do Estado de Meio Ambiente (SEMA) e o Corpo de Bombeiros foram acionados.

Segundo os bombeiros, uma das carretas era de tanque de inflamáveis, ela não estava cheia, mas possuía vapor de óleo diesel. A Companhia de Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos (CAEPP/BEA) realizou ações mitigadoras para garantir a segurança do local. Os militares também auxiliaram no desencarceramento da vítima fatal.

O tráfego no sentido Sul da pista precisou ser desviado para a pista Norte. E o fluxo sentido Norte foi desviado para a pista desativa, mantendo o controle do trânsito na região.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleições da FIEMT: Justiça extingue ação contra a apuração dos votos e oposição promete novas ações
Próximo artigoO desabafo de Paulo Prado