Trabalhador morre ao cair de telhado no Senai

Acidente será investigado pela Polícia Civil

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Jonatham Matos Rodrigues, de 34 anos, morreu depois de cair de uma altura de aproximadamente 13,5 metros. O caso aconteceu no Distrito Industrial de Cuiabá, na sede de Senai. Na ocasião, ele trabalhava no instalação de um telhado.

Conforme o boletim de ocorrência, a polícia foi chamada por volta das 15h30  dessa sexta-feira (18). Não há informações detalhadas sobre o acidente aconteceu no documento.

Segundo consta na narrativa, Jonatham caiu e morreu de politraumatismos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e teria conseguido encontrá-lo com vida. Contudo, antes mesmo da ambulância deixar o local, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu. A equipe médica teria tentado reanimá-lo, mas sem sucesso.

O caso vai ser investigado pela Polícia Civil. Exames de alcoolemia e toxicológico foram solicitados.

Já uma familiar do funcionário informou ao LIVRE que, apesar do que alegou a Polícia Militar, Jonatham não foi encontrado com vida.

Ao LIVRE a assessoria do Senai informou que Jonatham trabalhava em uma obra que está sendo realizada no espaço. Disse ainda que ele era terceirizado, e que a empresa responsável pela obra, JER Engenharia, emitiu nota.

Confira o posicionamento na íntegra:

Sobre o acidente ocorrido na tarde de sexta-feira (18), no Distrito Industrial de Cuiabá, a JER Engenharia esclarece os seguintes pontos:

1- O profissional que veio a óbito era funcionário de uma empresa terceirizada, contratada para executar a cobertura da edificação.

2- A JER está acompanhando e garantindo que os familiares do profissional tenham todo o apoio necessário neste momento de dor.

3- A empresa vai contribuir com as investigações sobre as causas do acidente, uma vez que oferece toda a estrutura para a realização dos trabalhos em segurança, incluindo treinamentos, equipamentos de proteção individual e coletiva, como cinto e linha de vida, bem como a presença de profissional técnico em segurança do trabalho durante todo o período de expediente.

A JER reafirma seu compromisso de sempre trabalhar com a máxima segurança e buscando a prevenção de acidentes – tanto que nunca havia registrado uma ocorrência fatal em seus canteiros de obra. Estamos consternados e lamentamos profundamente pelo acidente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS