Saúde em MT

Pivetta tem projeto para consórcios intermunicipais de saúde

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Cotado para comandar diversas pastas no próximo governo, o vice-governador eleito, Otaviano Pivetta (PDT), pode ter interesse em assumir a Saúde. Com histórico de ter feito uma gestão referência no setor, na Prefeitura de Lucas do Rio Verde, Pivetta tem um projeto para descentralizar a gestão da saúde estadual, fortalecendo os consórcios intermunicipais, e chegou a ser cotado para assumir a pasta no governo Pedro Taques (PSDB).

Além disso, ao longo dos últimos meses, ele fez diversas críticas à gestão do tucano na área, inclusive à Caravana da Transformação. Ele disse que o programa representa 6 mil anos de atraso, e que o governo deveria usar os consórcios intermunicipais de saúde para fazer cirurgias, em vez de usar a estrutura itinerante.

O governador eleito, Mauro Mendes (DEM), já demonstrou intenção de fortalecer a secretaria, e negocia junto à bancada federal a destinação de emenda no valor de R$ 169 milhões para custeio da saúde, com foco nos hospitais regionais.

O nome de Pivetta foi ventilado também para a Infraestrutura (Sinfra) e Educação (Seduc).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleitor que não votou no 1º turno precisa justificar ausência; veja prazo e consequências
Próximo artigoApós assustar moradora, jacaré de mais de dois metros permanece à solta em bairro nobre