Patrocinadores abandonam time de MT após contratação do goleiro Bruno

Atleta foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Elisa Samudio

Nesta segunda-feira (20), o Clube Operário de Várzea Grande perdeu mais um patrocínio, o da Eletromóveis Martinello. Foi a segunda baixa no orçamento do time desde que a direção anunciou a contratação do goleiro Bruno, condenado em 2013 por homicídio triplamente qualificado.

O primeiro a sair da lista de apoiadores em protesto ao reforço foi o Sicredi.

Em ambos os casos, as empresas informaram que não são contra a ressocialização de presos, mas divergem do posicionamento do clube, uma vez que o crime cometido por Bruno foi amplamente noticiado pela imprensa nacional e internacional, principalmente pela crueldade.

A insistência do time em relação à entrada do atleta no elenco, pelo jeito, trará lesões graves no bolso e no coração. A torcida feminina também já se posicionou contrariamente à contratação e recebeu apoio do Conselho de Defesa dos Direitos da Mulher.

E elas não vão deixar por menos. Nesta terça-feira (21), o time estreia no campeonato contra o Poconé e uma manifestação está sendo organizada.

Mulheres de todas as partes da cidade vão de preto à partida que acontecerá no Estádio Dito Souza, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

Além de marcarem presença, também estão puxando um abaixo-assinado na internet e alavancando a #Brunonão nas redes sociais.

O fato é que Bruno Fernandes das Dores de Souza está vindo do time de Poços de Caldas (3ª divisão), em Minas Gerais, para o Operário de Várzea Grande e já precisa se preparar para uma recepção não tão calorosa.

Mesmo tento passado pelo Flamengo e pelo Corinthians, os lances que marcam grande parte dos torcedores foram os apresentados no Tribunal do Júri, que o condenou pela morte da ex-namorada Elisa Samudio, cujo corpo até hoje não foi encontrado.

Como a contratação gerou muita polêmica, o Operário optou, mesmo com a desistência dos patrocinadores, por fretar um avião para transportar o goleiro até Várzea Grande.

A data do voo e o dia de apresentação do novo goleiro do time não foram informados.

Outro lado

O LIVRE entrou em contato com a direção do clube e foi informado que o Operário falará do goleiro Bruno apenas por meio de nota, mas não disse quando ela será distribuída.

Afirmou apenas que, nesta terça-feira, o assunto será apenas a estreia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAmeaça vermelha
Próximo artigoClássico vilão de Matrix não deve aparecer em novo filme

O LIVRE ADS