Pandemia: 20% das brasileiras já cogitaram abandonar a carreira profissional

Sobrecarga de trabalho dentro de casa e mudanças nas empresas, como redução de salários, têm afetado a saúde física e mental

(Foto: Vlada Karpovich / Pexels)

Conciliar o trabalho (agora dentro de casa) com a criação dos filhos (que não vão mais à escola) e a rotina doméstica (que sempre esteve ali, mas agora parece bem mais pesada). Essas foram as principais mudanças que a pandemia da covid-19 trouxe para as mulheres e que fizeram 20% delas já terem pensado em largar a carreira.

Essa é a constatação de uma pesquisa global da Deloitte – empresa especializada em auditoria e consultoria empresarial – e cujo resultado foi publicado no portal 6 Minutos.

E se dentro de casa a rotina está mais pesada, no trabalho, 31% dessas profissionais não vêem a carreira avançando tanto quanto gostariam. A própria sobrecarga de trabalho doméstico é apontada como motivo.

LEIA TAMBÉM

Para 41% dessas mulheres, a carga de trabalho – doméstico e profissional – tem prejudicado a saúde física ou mental.

Mudanças que empresas precisaram fazer para sobreviver à crise econômica causada pela pandemia também contam. Para 35% das brasileiras entrevistadas, o salário foi reduzido, então, já não compensa mais manter o emprego.

O resultado é que quase metade das brasileiras têm planos de largar o emprego dentro dos próximos dois anos. E 13% delas acreditam que este será seu último ano no emprego atual.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMãe é denunciada por maus-tratos após bebê aparecer com o corpo queimado
Próximo artigoBolsonaro comemora duplicação de rodovia em Mato Grosso