O que é trabalho depois do trabalho?

Foto: StartupStockPhotos/Pixabay

Essa expressão fui cunhada pela primeira vez pelo comunicador Ícaro de Carvalho. Ela se refere ao trabalho após o horário de expediente, que segundo Ícaro, é o que de fato enriquece.

Certa vez, em uma conversa, ouvi essa mesma ideia com outras palavras. O empresário em questão, falava sobre as suas melhores ideias serem ao final do dia. Quando as pessoas já estão em casa ou no happy hour, o sol se põe e tudo é silencio.

Ele disse também que dificilmente alguém enriqueceria em um trabalho de 8h às 18h.

Preciso fazer um adento antes de prosseguir. Tenho certeza que há trabalhos que não são para todo mundo, e está tudo bem. Há pessoas que não lidam bem com risco e incerteza. Há quem coloque a estabilidade financeira como seu principal critério de escolha profissional. E novamente, está tudo bem.

Cada pessoa possui habilidades e ambições diferentes. O conceito de trabalho depois do trabalho é justamente para quem quer ir além, quem não está satisfeito com a sua atual situação.

Voltando!

A primeira habilidade que o Ícaro de Carvalho sugere que aprimoremos é o inglês. Já estamos carecas de saber o porquê, mas quero te dar um exemplo pessoal.

Há excelentes podcasts disponíveis na internet. Outro dia eu ouvi uma entrevista muito recente do ex-atleta Michael Phelps para o Tim Ferris. Enquanto eu ouvia maravilhado, pensava no privilégio que era poder ter esse tipo de acesso. Esse conteúdo não tem legenda, e sabe-se lá quando ela será feita.

Com o inglês afiado você consegue ter acesso na fonte em tempo real.

Outra habilidade é o gerenciamento de equipe. O Ícaro cita outras tantas, mas essas duas são as que mais fizeram diferença na minha vida. Se você não está em uma caverna ou ilha deserta, você lida com pessoas o tempo todo. Por mais que o seu trabalho seja solitário, em algum momento do dia será necessária essa interação.

No meu caso, tenho aprendido dicas muito valiosas com o Dale Carnegie em seu famoso livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas. ” Eu sinceramente não gosto do título. Passa a impressão de ser mais outro livro de autoajuda, e não é. Há um rebuscamento e profundidade que coloca essa obra de outro patamar. Cada capítulo é recheado de ótimos exemplos para visualizarmos com clareza como realizar o que estamos lendo.

Qual habilidade está te fazendo falta?

É por ela que você deve começar no seu trabalho depois do trabalho. Que seja pouco, mas de grão em grão você já sabe o que acontece.

 

Marco Túlio é músico, publicitário e professor. Seu instagram é @omarco.tulio

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJá desanimado
Próximo artigoEsposa do ministro Alexandre de Moraes advoga em 18 processos no Supremo