Musculação para a mente

Ler mais pode ser uma das suas resoluções para 2021

Possivelmente a resolução de ano novo mais comum seja entrar na academia. E não está errado, pois são incontáveis os benefícios do exercício físico.

Mas eu gostaria de fazer uma sugestão para a sua resolução. Além de exercitar os músculos, tente exercitar a mente. Como? Não é nada novo, apenas é a leitura. Você pode ter achado muito trivial, porém, me permita elaborar meu raciocínio.

Quando eu retomo a atividade física após ter ficado dias sedentário, a dificuldade de retomar é a mesma da leitura. Se nos primeiros trotes eu já estou ofegante, nas primeiras páginas já perdi todo o foco e não lembro o que eu estava lendo.

O engraçado, é que quando os exercícios voltam a ser um hábito, eu me pergunto: “Por que eu não faço isso sempre? ”. E essa pergunta ecoa e vaga por aí sem resposta. Da mesma forma é com os livros. E me faço a mesma pergunta quando me deparo com uma grande ideia ou algo que me faça refletir por dias.

Por que não tornar isso que eu sei que é bom um hábito?

A sua resposta provavelmente será diferente da minha, mas não importa, uma vez que sabemos o que devemos fazer. O “como” é que muitas vezes atrapalha. Mas, como disse certa vez Viktor Frankl: “Quem tem um porquê, enfrenta qualquer como”.

Tendo clareza do motivo, temos muito mais força para ir atrás dos meios.

Os meios são as técnicas. Existem várias, várias mesmo. E qual a melhor? Oras, a que funciona para você. Só que, em geral, algumas dicas são unânimes. Escolher livros menores, livros que sejam do nosso interesse, definir um cronograma e persistir.

Para a leitura, eu particularmente gosto muito da técnica Pomodoro. Ela tem funcionado muito bem para mim. Você pode achar na internet facilmente como aplicá-la.

Eu só poderia encerrar agradecendo o amigo Rodrigo Simonsen, que produz um conteúdo fantástico em seu instagram. Essa frase do título eu o ouvi dizer algumas vezes, e ela foi a inspiração para o texto de hoje.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComo entrar em 2021 com as contas no azul
Próximo artigoEnxugamento no Banco do Brasil