Médicos desconfiam que bebê sofreu abuso e pai e tio se tornam suspeitos

Caso aconteceu em um hospital de Nova Mutum

Imagem ilustrativa

O pai e o tio de uma bebê de apenas cinco meses se tornaram suspeitos de abuso sexual nessa segunda-feira (6), após médicos que atenderam a menina verificarem uma anormalidade no órgão genital da menina.

O Conselho Tutelar procurou a polícia depois que foi acionado no Hospital Santa Rosa, em Nova Mutum (240 km de Cuiabá), porque os médicos haviam suspeitado de um possível abuso contra uma bebê.

A mãe da bebê a havia levado para o hospital e os médicos encontraram uma “anormalidade física na vagina da bebê”.

Ouvida, a mãe disse que o irmão dela havia cuidado da bebê das 7 horas às 9 horas e, o pai da bebê, das 9 horas às 11 horas.

Com isso, um boletim de ocorrência por “estupro de vulnerável” foi registrado e, agora, o caso será investigado pela Polícia Civil de Nova Mutum.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEscola municipal é invadida e vandalizada em Cuiabá
Próximo artigoCuiabá terá quatro barreiras sanitárias em rodovias que dão acesso à cidade

O LIVRE ADS