Jovem esfaqueada por amiga foi atingida no coração, afirma laudo

Fernanda foi à casa da amiga Aldirene para tirar satisfação por uma fofoca e acabou assassinada com uma facada no peito

Fernanda (de branco), a vítima, e Aldirene (de vinho), a acusada (Foto do Instagram de Fernanda)

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a facada que matou a jovem Fernanda Souza Silva, 22 anos, assassinada pela amiga Aldirene da Silva Santana, 26 anos, acertou o coração e o pulmão da vítima.

Segundo o laudo assinado pelos peritos Edno Ferreira Nogueira e Manoel da Silva Neto, a facada deixou uma ferida de 5 cm de comprimento no lado esquerdo do tórax de Fernanda.

“Aberta a cavidade, visualizamos hemotórax à esquerda (aproximadamente 1.300 ml). Lesão cortante na porção media do pulmão esquerdo. Presença de hemopericardio. Lesão transfixante no ventrículo esquerdo”, diz trecho do laudo.

A jovem ainda estava com uma ferida na parte de trás do antebraço direito, de aproximadamente 1,5 cm e escoriação em um dedo da mão.

Os peritos concluíram que a causa da morte foi choque hipovolêmico, também conhecido como choque hemorrágico, acontece quando se perde cerca de 1 litro de sangue, o que faz com que o coração deixe de ser capaz de bombear o sangue necessário para todo o corpo.

O assassinato

Por volta de 12h20 do dia 26 de fevereiro, Fernanda foi com a amiga Janaina Pereira Rosseti, 34 anos, a um conjunto de quitinetes na Rua Jerônimo Lopes Esteves, do Bairro Jardim Paulista, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), onde a amiga de Fernanda, Aldirene da Silva Santana, 26 anos, morava, para tirar satisfação porque Aldirene estaria espalhando fofocas sobre ela.

As duas tiveram uma calorosa discussão e Aldirene acabou esfaqueando Fernanda no peito. A jovem chegou a tentar reagir segurando os cabelos de Aldirene, mas perdeu as forças e caiu.

Janaina afirmou que precisou segurar Aldirene para que ela não desse outra facada em Fernanda, que morreu cerca de oito minutos após ser esfaqueada.

O LIVRE foi a Rondonópolis e contou a história da relação entre as duas amigas, que acabou em assassinato. Leia AQUI.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMauro mantém identidade visual de Taques e propõe projeto para proibir mudanças
Próximo artigoEconomia sugere fundo financeiro como solução para endividamento agrícola em reunião da FPA

O LIVRE ADS