Haddad encerra campanha em São Paulo e comemora apoio de Joaquim Barbosa

Haddad disse que outros candidatos não tiveram a coragem de Barbosa de admitir os riscos que a candidatura de Bolsonaro

Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação/O Globo

O último dia de campanha do candidato do PT, Fernando Haddad, foi marcado por uma caminhada pelas ruas estreitas de Heliópolis, a maior favela da capital paulista, na Zona sul da cidade.

Logo que chegou, conversou com jornalistas, em uma coletiva de imprensa bastante tumultuada, e agradeceu o apoio do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa.

Pouco antes, Barbosa, que foi considerado algoz do PT no processo do mensalão, escreveu em seu twitter que pela primeira vez em 32 anos um candidato lhe inspirava medo e declarou o voto em Haddad.

Questionado sobre o silêncio de Ciro Gomes, candidato à presidência pelo PDT, derrotado no primeiro turno, o petista lembrou que já tinha convidado todos os democratas a estarem com ele e falou que nem todos tinham a coragem de Joaquim Barbosa de admitir os riscos que a candidatura de Jair Bolsonaro representa ao país.

Depois, ele participou de uma passeata pelas ruas de Heliópolis que terminou em uma escola pública do Bairro, um dos CEUS – Centros Educacacionais Unificados, que são vistos como marca das gestões petistas na capital.

Ao chegar em frente à escola ele agradeceu o apoio da comunidade, mas não fez discurso já que comícios não são permitidos no último dia de campanha.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorResidentes na Nova Zelândia são os primeiros a votar no segundo turno
Próximo artigoBrasil condena, em nota, tiroteio em sinagoga nos Estados Unidos