Brasil condena, em nota, tiroteio em sinagoga nos Estados Unidos

Estima-se que 11 pessoas tenham morrido no tiroteio

Foto: Jeff Wensen/Getty Images North America/AFP

O governo do Brasil, por meio do Ministério das Relações Exteriores, condenou hoje (27) o tiroteio em uma sinagoga em Pittsburgh, Pensilvânia (Estados Unidos). Em nota, o Itamaraty rechaça qualquer tipo de ação violenta e terrorista.

“O governo brasileiro reitera sua mais veemente condenação a qualquer ato de extremismo violento ou terrorismo”, diz a nota. “O governo brasileiro tomou conhecimento, com grande consternação, do ataque perpetrado hoje.”

O ataque ocorreu no final da manhã, durante o shabat dos judeus, no momento em que a sinagoga estava lotada. Não há ainda o número exato de vítimas. Mas o cálculo inicial é que oito pessoas morreram e seis ficaram feridas.

Um homem branco, de 46 anos, que defende a supremacia branca e se autodeclara antisemita foi detido pelos policiais como principal suspeito do tiroteio.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHaddad encerra campanha em São Paulo e comemora apoio de Joaquim Barbosa
Próximo artigoEm vídeo, Ciro avisa que não vai declarar apoio neste segundo turno