Economista critica nova tributação do setor produtivo

Miguel Daoud disse que Mauro Mendes vai ficar para a história por ter acabado com a produção agrícola e o desafiou para um debate

O governador Mauro Mendes voltou a ser alvo do comentarista de economia Miguel Daoud durante o programa Mercado & Companhia dessa quinta-feira (15). Ao comentar a crise que os produtores estão enfrentando, Daoud disse que o governador do Estado vai ficar para a história por ter acabado com a produção agrícola estadual e ainda o desafiou para um debate.

Na avaliação do comentarista de economia, a produção agrícola será inviabilizada com o aumento da tributação e fim de incentivos fiscais. Uma vez que “seguramente a Lei Kandir vai acabar” e o “Convênio 100 pode acabar no ano que vem”, afirmou.

Daoud ainda criticou a falta de infraestrutura e o Ministério da Agricultura pela má gestão das políticas agrícolas. Segundo ele, muitas pessoas observam os “242 milhões de toneladas de grãos, o produtor comprar máquinas”, contudo, essa parcela é um pequeno grupo, “o resto está quebrado graças a incompetência dos governos que passaram e deixaram a atividade econômica morta”.

Leia também

Para economista, Mauro Mendes descumpre promessa ao taxar o milho