Cuiabá ainda não tem regras para o primeiro dia de lockdown

Procuradoria Geral do Município começou a montar o plano nesta quinta-feira. Prefeito ainda aguarda julgamento de recurso

(Foto: Sicom/Cuiabá)

O primeiro dia de quarentena obrigatória em Cuiabá deveria ser esta quinta-feira (25). O Município, no entanto, não decretou medidas mais severas de isolamento social. Segundo a Prefeitura de Cuiabá, somente hoje a Procuradoria Geral começou a formular as regras para o cumprimento da decisão judicial que determinou um lockdown na cidade. 

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ainda espera que a decisão da Vara de Saúde Pública de Mato Grosso seja revertida.

A análise do agravo de instrumento – recurso protocolado na noite desta quarta-feira (24) – deve ocorrer até às 12h. Ele será avaliado pelo desembargador Rui Ramos.  

“O prefeito Emanuel Pinheiro entende que tem o direito de recorrer da decisão de primeira instância sobre a quarentena obrigatória e aguarda a decisão de recurso. No entanto, já determinou que à Procuradoria Geral do Município trabalhe nesta data (25/6) para implementar as medidas necessárias para o cumprimento da ordem do magistrado José Luiz Lindote”, informou a Prefeitura em nota. 

LEIA TAMBÉM

Pinheiro pede a revisão da decisão com base nas medidas que seriam anunciadas na terça-feira (23): um aumento do tempo de toque de recolher e redução do tempo de funcionamento do comércio. 

Outro argumento do prefeito é que a implantação da quarentena obrigatória somente em Cuiabá e Várzea Grande não reduzirá a taxa de ocupação de leitos em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

Segundo ele, 60% dos leitos exclusivos para a pandemia, em UTI e enfermaria, em Cuiabá, estão ocupados por pacientes vindos de municípios do interior de Mato Grosso. 

A recomendação do governo do Estado pela adoção de regime de quarentena obrigatória passa pela taxa de ocupação desses leitos. 

Ainda conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá, Emanuel Pinheiro deve se pronunciar sobre o assunto ainda nesta manhã, mas em horário indefinido.  

Uma entrevista em uma rádio da Capital estava agendada para as 8h, mas foi suspensa. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstudante é preso ao dizer que não poderia ser parado por policiais negros
Próximo artigoVídeo | Bandidos matam dono de mercado e são surpreendidos por policial à paisana