Bope é recebido a tiros em boca de fumo, reage e mata dois bandidos

Caso aconteceu na noite dessa quarta-feira, no Bairro Altos da Serra I, em Cuiabá

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram recebidas a tiros quando passavam por uma região conhecida pelo histórico de tráfico de drogas no Bairro Altos da Serra I, em Cuiabá, na noite dessa quarta-feira (5). Os policiais reagiram e acabaram matando dois bandidos.

Um deles foi identificado pela própria mãe. Era Maycon Luiz Santana Carvalho, de 21 anos. O outro não havia sido identificado até o registro da ocorrência.

As equipes do Bope estavam em ronda, por volta das 20 horas, quando os tiros contra os policiais começaram. Os militares desceram das viaturas e revidaram, enquanto se organizavam para cercar o grupo de criminosos.

Uma das equipes, então, foi para a Rua Coqueiral e outra para a Rua Amazonas. Ambas entraram ao mesmo tempo no local, uma casa em construção já abandonada.

Quando já estavam próximos à porta, um suspeito atirou contra os policiais, que revidaram. O homem foi atingido e caiu no chão. Ele estava com um revólver calibre 38.

Os militares revistaram o local e não encontraram outros suspeitos.

Enquanto isso, outra parte da equipe entrava pela Rua Coqueiral e trocava tiros com outro suspeito, que estava com uma pistola e também foi derrubado pelos policiais.

Os militares prestarem socorro aos dois suspeitos alvejados e os encaminharam até a Policlínica do Planalto, onde eles acabaram morrendo.

Na construção em que os dois estavam foi encontrado dois tabletes de maconha, além das armas que eles usaram.

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada e a Perícia Oficial e Identificação Técnica e ambas estiveram no local.

As armas dois suspeitos foram entregues à DHPP e as drogas apreendidas na Central de Flagrantes de Cuiabá.

O caso foi registrado como “morte por intervenção de agente do estado”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVárzea Grande adota barreiras sanitárias em bairros com maior incidência da covid
Próximo artigoMato-grossenses lançam curso de marketing político e estratégias para campanha na pandemia