“Atende, desgraça”: empresa muda nome de rede de internet e cliente vai à polícia

Uma atendente de telemarketing resolveu demonstrar toda sua revolta em não ser atendida por uma cliente nessa terça-feira (3), em Cuiabá

Imagem ilustrativa

Uma atendente de telemarketing resolveu demonstrar toda sua revolta em não ser atendida por uma cliente nessa terça-feira (3), em Cuiabá (MT).

Depois de tentar quatro vezes e a cliente não falar com ela, a atendente mudou o nome da rede da internet da cliente para “atende, desgraça”.

A vítima da “brincadeira” é moradora do Bairro Araés e tem 22 anos.

Conforme o boletim de ocorrência, quando a atendente ligou pela primeira vez – de um número 011 – a jovem estava dormindo e foi questionada se a velocidade da internet dela estava boa. Ela desligou o telefone e voltou a dormir.

Quando acordou, viu que havia mais três ligações não atendidas em seu celular – também de prefixo 011 – e que estava sem rede de internet WiFi.

Ela ligou na NET, operadora que fornece o serviço, para verificar qual era o problema e a nova atendente informou que o nome de sua rede havia sido mudado para “atende desgraça”, consta no boletim de ocorrência.

A jovem tentou acessar a rede “atende desgraça” com sua senha e verificou que a senha de acesso também havia sido trocada.

A atendente que estava ao telefone com ela mudou o nome da rede para Net Virtua, criou uma nova senha e enviou para o email da companheira da vítima, visto que a internet está no nome dela.

A cliente não soube informar o nome da primeira atendente, que efetuou a troca do nome da rede WiFi.

Ela procurou a delegacia e registrou um boletim como “ocorrências atípicas”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.