1º Piso: Coletivo de MT lança plataforma digital para pesquisa, criação e difusão das artes cênicas

Iniciativa aposta na construção de um território virtual para realização de residências, consultorias, cursos e exibição de espetáculos

Nesta terça-feira (23), agentes das artes cênicas de Mato Grosso abrem as portas de casa para compartilhar saberes e tecnologias através da plataforma 1º PISO (www.aprimeiropiso.com). Rompendo com métodos e lugares já estabelecidos, a iniciativa aposta na construção de um território virtual a partir da economia criativa e colaborativa. Projeto incentivado pela Lei Aldir Blanc contempla a cadeia produtiva das artes cênicas em todas as etapas: da formação e criação, à conexão e difusão de artistas e trabalhos, independentemente de onde se localizam.

“Um único território que abriga várias frentes de trabalho para fazer as artes da cena acontecerem. A ideia é mediar uma rede de colaboradores capacitados para atender demandas específicas”, destaca a atriz e diretora de teatro Dani Leite. “Chamamos a plataforma de 1º PISO como uma provocação ao encontro com nosso ‘chão’ de criação, esse lugar onde queremos pisar. É um espaço de incentivo à autoria artística”, complementa a atriz e iluminadora Karina Figueredo. Ambas desenvolvem projetos e criações através do in-Próprio Coletivo.

Na prática, a 1º PISO funcionará como uma plataforma para realização de residências artísticas, consultorias, mentorias, cursos de curta duração e exibição de espetáculos para um público ávido por consumo e fruição de artes da cena. Oportunidades de formação e co-criação para artistas com trabalhos em diferentes fases de concepção.

A proposta é trabalhar não o que ‘deve’, mas o que ‘pode’ as artes cênicas em novos cenários. O projeto compartilha essa perspectiva também na realização de um podcast quinzenal. O primeiro episódio de ‘O que POD o que teatro?’, com o tema “Criações em coletivo” e participação dos artistas conterrâneos Douglas Peron e Everton Britto, já está disponível no Spotify.

A plataforma 1º PISO é um projeto viabilizado pelo Edital MT Criativo, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

“Cômodos” para diferentes vivências

As atividades promovidas na 1º PISO acontecem nos chamados cômodos virtuais. “A plataforma também convida para que possamos fazer do espaço onde a gente vive um lugar de criação. Por isso a 1º PISO também é uma casa”, complementa o publicitário, in-Próprio e integrante do projeto, Alexandre Cervi.

O quintal é o grande centro de realização de cursos, oficinas, palestras e outras atividades pontuais. Na varanda se assiste às exibições ao vivo por temporadas; é também onde se tem acesso à loja virtual, com catálogo da programação e chamadas abertas para artistas interessados em experimentar a plataforma e se tornarem parceiros do projeto.

Vale destacar que o catálogo virtual da 1º PISO deverá agregar múltiplas linguagens. Nele podem constar espetáculos de teatro, dança e circo, performances, desmontagens, documentários, shows, vídeos-dança, vídeos-arte e outras produções de curta, média e longa-metragem independente.

Dentro de casa, o escritório é reservado para consultorias e outras reuniões. A cozinha é para quem tem “larica de arte”, já que abriga as formações temáticas e residências artísticas. Segundo Dani Leite, “um mergulho investigativo mais intenso”.

Lançamento

A plataforma 1º PISO será lançada nesta terça-feira (23/11) em uma LIVE com participação do ator e diretor Odilon Esteves e o tema ‘Territórios cênicos digitais: sobre atravessar fronteiras e criar comunidades’. Conhecido por papéis na minissérie da Globo ‘Queridos Amigos (2008)” e nos filmes ‘Deserto Azul (2013)’, ‘Batismo de Sangue (2006)’, ele é um dos fundadores da Cia. Luna Lunera, de Belo Horizonte (MG).

À ocasião, os realizadores da 1º PISO realizam uma tour pela plataforma para apresentá-la ao público. Por hora já é possível conhecer mais sobre seu funcionamento através do perfil do Instagram @aprimeiropiso.

Agenda 2021

Logo após o lançamento, já será possível vivenciar a 1º PISO na programação que contemplará todas as frentes de atividades propostas pela iniciativa nos meses de dezembro.

Em novembro e dezembro, a 1º PISO oferece uma programação gratuita com palestra, curso, bate-papo e exibição de espetáculo. A primeira temporada de apresentações fica por conta dos anfitriões do in-Próprio Coletivo, que exibem “Quando tudo era mar”.

Já a primeira residência artística da plataforma terá o tema “Honestidade Artística” e será realizada por Neto Machado e Jorge Alencar, da Dimenti Produções Culturais (BA). Após um primeiro período de inscrições gratuitas, essa será a primeira ação paga na plataforma.

Serviço

Plataforma 1º PISO

  • Acesso: www.aprimeiropiso.com
  • Lançamento: 23 de novembro de 2021
  • Horário: 19h (MT) e 20h (Brasília)
  • Agenda 2021: 24 de novembro a 15 de dezembro.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher denuncia o companheiro ao descobrir que ele estava abusando de sua filha
Próximo artigoVídeo | Jacaré é resgatado ao ser encontrado ao lado do shopping de VG