Sem força na sabatina

Senadores de MT lamentam demora, mas dizem que não podem fazer nada

Foto: Divulgação/PGU

Apoiadores da indicação do advogado André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF), senadores de Mato Grosso dizem que não há o que fazer para colocar o pedido em votação no Senado. 

A influência deles é ainda menor por falta de participação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde o documento está parado desde julho. Eles lamentam que a indicação esteja há quase três meses à espera da decisão do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da CCJ. 

A indicação de André Mendonça, ex-advogado-geral da União, virou assunto político e agora os apoiadores da resistência de Alcolumbre já defendem que a sabatina seja postergar por mais dois meses, o que inviabilizaria a nomeação. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMãe denuncia professor por “dar em cima” de aluna de 13 anos em Cuiabá
Próximo artigoFalta sancionar: AL aprova entrega de medicamentos com canabidiol pelo SUS