Reitor-mor visita Cuiabá e recebe honrarias de Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro

Em seu sermão, Ángel Fernández Artíme destacou a necessidade de confiar em Deus, mesmo em momentos difíceis da vida

Fotos: Luiz Alves/Sicom-Cuiabá

A quarta-feira (24) foi de festa na rede salesiana de Mato Grosso. Os 125 anos da missão salesiana em Cuiabá foram comemorados com a presença do reitor-mor, Ángel Fernández Artíme. Uma missa foi celebrada para comemorar a data. A cerimônia religiosa contou com a presença do governador  de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), e do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), além das respectivas primeiras-damas, Virgínia Mendes e Márcia Pinheiro.

O padre é o décimo sucessor de São João Bosco, fundador da ordem salesiana. Ele foi homenageado por Emanuel Pinheiro, que lhe concedeu a medalha especial de comemoração aos 300 anos de Cuiabá. Já Mauro Mendes rendeu homenagem ao padre com o título de grão-mestre da Ordem do Mérito Mato Grosso.

Ángel Fernández Artíme foi o presidente da celebração que comemorou os 125 anos dos salesianos em Cuiabá e, em sua homilia, lembrou Dom Bosco. Destacou que na última missa que celebrou, Dom Bosco foi interrompido 16 vezes por conta da emoção e de ter percebido o que criou tomou forma e foi passando de geração em geração. Também falou da importância da Virgem Maria aos católicos, da ternura e dedicação da mãe de Jesus Cristo.

Jovens e a santidade

Ao final da missa, o padre foi questionado sobre as dificuldades de manter o jovem na santidade nos dias atuais e disse que o malabarismo é o mesmo feito por Dom Bosco, há mais de 100 anos. Segundo ele, é preciso ser próximo ao jovem e compartilhar a vivência com ele, assim como escutar seus problemas.

Para ele, o modo de atrair os jovens é acompanhá-los no caminho de maturação, uma estratégia usada há 150 anos e continua sendo ainda mais eficaz agora. “O jovem precisa da verdade, de ter verdadeiros amigos, da presença dos pais. Eu penso que esse é o melhor caminho”, disse.

Por fim, Ángel Fernández Artíme deixou uma mensagem em que pontuou acreditar muito na juventude. “Meus queridos jovens, eu  acredito tanto em vocês! Meus queridos jovens, não tenham medo! Meus queridos jovens, vocês têm tanta força, tanta possibilidade no seu coração! Vocês precisam se preparar fortemente para a vida e levar, no seu coração, a força de Deus e de Jesus”, destacou.

Homenagem

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que a história de sucesso de Cuiabá se deve muito aos salesianos. “Os 300 anos de Cuiabá e a própria consolidação do Estado de Mato Grosso se deve à devoção do nosso povo, à fé cristã e, principalmente, ao papel de pioneirismo e evangelização da Igreja Católica, que teve, nos salesianos, um papel preponderante na missão de levar a mensagem e a palavra de Deus e também de educação, pilar dos atributos do grande Dom Bosco”, disse o prefeito.

O governador Mauro Mendes, por sua vez, afirmou que “o padre Ángel nos honra com sua presença na nossa Capital e esse reconhecimento dessa comenda é uma homenagem, não só a ele, mas a todos aqueles que fazem parte dos salesianos”.

 

 Leia também:

Discreto aceno – Mauro e Emanuel vão à missa e nem se cumprimentam

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLeonardo DiCaprio pode protagonizar próximo filme de Guillermo Del Toro; Entenda
Próximo artigoEspaço Mosaico: Amauri Lobo celebra a contracultura cuiabana da década de 80