Recado dado

Governador promete embargo a áreas desmatadas ilegalmente

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Direto do Centro de Comando e Controle do Governo de MT, o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que sua gestão terá política de “tolerância zero” com os desmatadores.

Segundo Mauro, “quem avisa, amigo é” – e os produtores que desmataram área ilegalmente terão multas aplicadas e não poderão usar as terras para produzir, já que o Estado fará o embargo da área desmatada.

Mendes confirmou que indústrias estrangeiras já fizeram embargo do couro produzido em Mato Grosso e que a medida de embargo é para diminuir os danos causados pelo desmatamento, seguido do fogo, principalmente na Amazônia Mato-grossense.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Participei hoje de uma reunião no Centro de Controle da Secretaria Estadual de Segurança Pública em uma reunião do Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Cimam-MT), com vários representantes do Corpo de Bombeiros, do Exército Brasileiro e da secretaria de Meio Ambiente, do IBAMA e de outras áreas. Na oportunidade avaliamos esta semana de trabalho em Mato Grosso, em que realizamos várias operações, apreendemos equipamentos, motosserras, tratores de pessoas que estavam, lamentavelmente, praticando atos criminosos contra o Meio Ambiente. Nós em cooperação com as forças de segurança e a nossa Polícia Militar estamos empreendendo todos os esforços possíveis para combater essas ilegalidades. Nós continuamos a ter tolerância zero com o desmatamento em Mato Grosso. As pessoas que insistirem nessa prática irão sofrer conseqüências muito duras com o pagamento de multas, além de responder criminalmente, correndo o risco de ter bens apreendidos e ter conseqüências futuras de embargos nessas áreas, porque eles terão desmatado, mas não poderão retirar dessas áreas o resultado econômico que pretendiam. Nós estamos avisando, porque tem aquele ditado que diz: quem avisa amigo é. Nós não vamos tolerar mais isso, porque existe uma conseqüência dramática no estado, que são relacionados aos embargos comerciais. Ontem já foram anunciados alguns embargos de muitas empresas na compra do couro e isso é grave e nos estamos tomando, aqui no nosso estado, todas as medidas necessárias para combater esse tipo de ilegalidade. Quero agradecer a toda equipe que está aqui na sala de controle e a todos os órgãos. Eu tenho certeza que esse trabalho fortalecerá a nossa atuação conjunta e dará um resultado positivo para proteger o nosso meio ambiente, o agronegócio e as relações comerciais que o nosso Estado realiza com diversos países. Vamos continuar trabalhando muito. . #Desmatamento #MatoGrosso #DesmatamentoIlegal #MeioAmbiente #Sema #ImagensPlanet #CrimeAmbiental #Ibama #BatalhãoAmbiental #ProduçãoSustentável #Preservação #ConsciênciaAmbiental #TolerânciaZero

Uma publicação compartilhada por Mauro Mendes (@mauromendesoficial) em

Leia também

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Quem não investir na agricultura digital estará fora do jogo”, diz o CEO da SLC Agrícola
Próximo artigoDepois da merenda, 46 crianças passam mal em escola pública