Produtor americano faz homenagem à irmã vítima de câncer e dá origem a campanha no Brasil

A ação comoveu os produtores brasileiros que lançaram a campanha Algodão pela Vida, visando a prevenção da doença

Uma parceria entre Tama, SLC e Scheffer em torno de uma causa social, a prevenção do câncer de mama, e uma cultura em comum, o algodão, está chamando a atenção nas redes sociais. Com fotos incríveis da colheita da fibra, as empresas se uniram, neste mês de outubro, e criaram a Campanha Algodão pela Vida, alertando para a prevenção da doença que só em 2019 deve atingir mais de 59 mil mulheres no Brasil, segundo dados  Instituto Nacional de Câncer (INCA).

O que muitos não sabem é que a ideia teve início nas lavouras de um produtor americano de algodão, Jason Chandler. Situado em Missouri, em 2010, o produtor pediu à TAMA para produzir o RMW, tecnologia utilizada no enfardamento do algodão, com a cor rosa. O motivo? homenagear a irmã que faleceu vítima de câncer de mama naquele ano. Desde então, a versão rosa se transformou em uma campanha global da Tama.

Neste mês de outubro, em todo o país, campanhas sobre o Outubro Rosa são veiculadas com objetivo de levar informações às mulheres, especialmente às que passaram dos 40 anos, sobre a importância de fazer uma consulta médica e exames para a detecção precoce da doença. Segundo o Inca, se descoberta no início, através de mamografias ou exame de toque, as chances de cura chegam a 95%.

Fardos cor de rosa
Para chamar a atenção da causa, durante o período da campanha serão expostos enormes fardos de algodão com RMW na cor rosa, para lembrar a população sobre a necessidade de prevenção do câncer de mama. A cor dos fardos segue a da campanha anual Outubro Rosa, que abraça o mesmo objetivo.

Divulgação
Segundo a Abapa, a ação estará concentrada nas cidades onde estão os maiores produtores de algodão do país. Na Bahia, as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães; e em Mato Grosso, mesmo com o término da colheita, nas cidades de Primavera do Leste, Campo Verde, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Sapezal e Campo Novo do Parecis.

algodão rosa abapa
Foto: Assessoria

Empresas
A Tama Brasil é a empresa detentora da tecnologia para enfardamento do algodão, a SLC Agrícola, hoje é uma das maiores produtoras mundiais de grãos e fibras, focada na produção de algodão, soja e milho, e o grupo Scheffer, possui diversas unidades em Mato Grosso produz algodão, soja e milho.

Para a gerente de Comunicação Corporativa da SLC Agrícola, Déa Machado, participar da campanha Algodão pela Vida é motivo de orgulho para a empresa. “Podemos incentivar nas mulheres a conscientização sobre a necessidade do exame e detectar de forma precoce o câncer de mama, caso haja. Vamos levar para as comunidades próximas, às nossas Fazendas da Bahia, um pouco mais de esclarecimento sobre este tema tão importante para a saúde feminina”, disse.

algodão rosa abapa
Foto: Assessoria

Segundo o gerente de marketing da Tama, Bruno Caetano Franco, a campanha já é em outros países, mas esta será a primeira vez que a SLC Agrícola participa. “A versão rosa causa reflexão e se tornou uma campanha global da Tama desde o pedido do produtor americano”, explica.

A iniciativa contará com apoio de entidades do setor do algodão, além de ações na mídia e nas redes sociais. Uma instituição de apoio e combate ao câncer de mama será escolhida para receber o apoio da ação.

*Com informações da assessoria da Abapa e Tama

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia encontra namorada de assassino de jornalista; nova versão é contada
Próximo artigoCâmara aprova projeto que facilita divórcio de vítima de violência doméstica

O LIVRE ADS