|Quinta-feira, 17 Janeiro 2019

Milho, cana, soja, carne e miúdos para exportação serão taxados em novo Fethab

Previsão de Mauro Mendes é arrecadar R$ 1,4 bilhão com o fundo ainda neste ano

COMPARTILHECOMPARTILHE

O projeto de lei que aumenta o Fundo de Transporte e Habitação (Fethab) propõe taxar o milho, a cana-de-açúcar, o gás natural e as usinas hidrelétricas. Além disso, o texto aumenta a taxação sobre a soja, o algodão e o boi vivo destinado ao abate e à venda para outros Estados.

A proposta prevê a cobrança também sobre a exportação de todas as commodities anteriores, além da exportação da carne e dos miúdos comestíveis. A taxa cobrada sobre o óleo diesel continuaria a mesma.

Com o novo Fethab, o governador Mauro Mendes (DEM) pretende ampliar a taxação sobre o agronegócio. Diversas entidades do setor já se declararam contra a proposta.

Segundo Mendes, se o aumento do Fethab for aprovado ainda neste mês, ele começará a ser cobrado em fevereiro e deve é arrecadar R$ 1,4 bilhão neste ano. A receita atual do fundo é de R$ 900 milhões anuais.

O projeto determina ainda algumas regras para uso do fundo: 35% do Fethab será aplicado em estradas, sendo 30% em obras do Estado e 5% em parcerias feitas pelo MT Par, e os outros 65% vão para a Conta Única do Estado, para ser usado em educação, saúde, segurança pública e no pagamento de empréstimos. Os recursos para infraestrutura serão geridos pelo vice-governador, Otaviano Pivetta (PDT).

Segundo o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, não existe quarentena para o novo Fethab entrar em vigor, porque não é um imposto. “O fundo não tem natureza tributária. É uma contribuição de natureza voluntária que o produtor adere para ter um benefício”, explicou. Sem pagar o Fethab, o produtor não tem direito ao diferimento de ICMS.

O novo Fethab faz parte de um pacote de ajuste fiscal entregue por Mauro Mendes aos deputados estaduais nesta quinta-feira (10), que inclui também a regulamentação da RGA, a reforma administrativa e a Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Enã, jovem autista se forma em medicina e se emociona com homenagem inesperada. Veja!
Comportamento inadequado pode fazer Hya responder por homicídio, diz delegado
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Em meio a protesto e gás de pimenta, deputados aprovam restrição da RGA e novo Fethab
Com aval de Paulo Guedes, governador de Mato Grosso decreta calamidade financeira
Em Brasília, Mauro cobra FEX e anuncia decreto de calamidade financeira em MT
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Comercialização da safra 17/18 do algodão mato-grossense entra na reta final
IBGE: PIB dos municípios do agronegócio tem crescimento médio de 13,65% em MT
Brasil vai exportar material genético bovino e bubalino para o Suriname
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Produtores de Family Guy dizem que piadas sobre homossexuais estão sendo boicotadas
Museu de Arte Sacra reabre as portas e convoca fotógrafos para exposição coletiva
Prefeitura convoca interessados em participar de projeto de celebração dos 300 anos
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Tarifas de embarque em aeroportos terão aumento de 5,39%
Macri: viagem ao Brasil é começo de salto para a frente no Mercosul
Bolsonaro defende Mercosul enxuto e com relevância
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
Sine-Cuiabá tem 79 vagas e salários de até R$ 2.300 esta semana; confira
Sine em Mato Grosso oferece mais de 1,4 mil ofertas de emprego
X