Homem espera marido sair e estupra esposa na casa do casal

O casal realizava uma festa em casa e o marido apenas tinha saído para levar a mãe em casa, momento que a esposa foi violentada

Uma mulher de 31 anos foi estuprada na madrugada desta quarta-feira (15), no final de uma festa dentro de sua própria casa, no Bairro Serra Dourada, em Cuiabá, por um dos convidados do evento. O suspeito esperou que o marido da vítima saísse para levar a mãe dele para casa e violentou a mulher.

O estupro aconteceu por volta das 2 horas da manhã. A Polícia Militar foi acionada no local do crime e, ao chegar, foi recebida pela própria vítima, que relatou o ocorrido.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal havia organizado uma festa em casa nessa terça-feira (14) e, como já era madrugada da quarta (15), o marido da vítima decidiu levar a mãe dele para a casa dela.

Porém, segundo o relato da vítima, assim que o marido saiu – quando aparentemente a casa já estava vazia e a festa havia praticamente terminado -, um dos convidados do evento tirou as calças, agarrou-a por trás, tirou as calças dela e a estuprou.

Como o suspeito era uma pessoa conhecida da família, a vítima e o marido sabiam o endereço dele e, rapidamente, ele foi localizado dentro de sua própria casa. Ao ver a equipe policial se aproximando, ele tentou fugir, mas acabou detido e algemado.

A vítima e o suspeito foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Cuiabá. O caso foi registrado como estupro. Consta no boletim de ocorrência que o suspeito estava com inchaço na testa e vários arranhões no pescoço, causados pela vítima quando tentava resistir ao abuso sexual.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. É por isso que cada vez mais eu sou a favor da pena de morte pesquisa vagabundo desgraçado ainda a pena de morte é pouco com infeliz desse aí eu queria só cinco minutinhos um lugar fechado com desgraçado desse e a cortar pedacinho para ele sofrer também

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComper deve indenizar cliente acusado de receber troco duas vezes
Próximo artigoMorador é condenado por atrasar mensalidades do condomínio

O LIVRE ADS