Governo aprova tratamento precoce e kit-covid de MT terá até 7 medicamentos

Secretário de Saúde disse que não haverá a distribuição descontrolada dos remédios. Prescrição vai ficar a critério dos médicos

(Foto: Reprodução/Christiano Antonucci/Secom-MT)

Secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo afimrou nesta quarta-feira (24) que o governo do Estado chancelou o tratamento precoce de pacientes vítimas do novo coronavírus com medicamentos que compõem o que vem sendo chamado de “kit-covid”.  

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) deve anunciar ainda hoje a compra emergencial de “seis a sete” remédios em “quantidade substancial” para suprir o atendimento farmacológico na rede primária nos municípios. 

“Nós estamos aprendendo com a pandemia e, hoje, com as informações que temos, sabemos que a orientação de procurar o hospital somente quando houver sintomas graves está errada. Por isso, o Estado vai ajudar os municípios a fornecer medicamento para tratamento da doença na fase inicial”, disse. 

Conforme o secretário, um protocolo de manejo será divulgado nos próximos dias para orientar os médicos na hora da prescrição de remédios, como ivermectina e azitromicina. Porém, a receita não será obrigatória, dependerá da decisão do profissional. 

LEIA TAMBÉM

Esses remédios já estão sendo usados em outros Estados para prevenção do quadro mais grave da doença.  

Gilberto Figueiredo ressaltou que, em Mato Grosso, não haverá postos provisórios para a distribuição dos medicamentos e que eles não servirão de tratamento preventivo. 

O secretário disse ainda que estudos e o quadro de casos graves da covid-19 indicam que a testagem em massa, associada ao tratamento precoce, é o caminho mais viável para conter o avanço na ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem se diz médico enviado por Deus e tenta vender aparelho que “salva” idosos
Próximo artigoEstuprador que perseguia mulheres que faziam caminhada é preso em MT