Facebook pede desculpas e diz que sistemas voltaram ao normal

(Foto: Reprodução/O Livre)

Desde a manhã de quarta-feira (13) os servidores do Facebook, Instagram e WhatsApp demonstraram diversas instabilidades em seu funcionamento, enquanto milhões de usuários ao redor do mundo apontavam dificuldades em acessar as plataformas. Sem muita informação, diversos boatos foram criados para tentar explicar o acontecido, mas apenas nesta quinta-feira (14) a equipe deu explicações sobre o que de fato ocorreu.

“Ontem, como resultado de uma mudança na configuração de nossos servidores, muitas pessoas tiveram problemas ao acessar nossos aplicativos e serviços. Nós agora resolvemos todos os problemas e nossos sistemas estão se recuperando. Nós sentimos muito pela inconveniência e apreciamos a paciência de todos.” disse o perfil oficial do Facebook em comunicado publicado no Twitter.

Na última quarta (6) o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou que a empresa planeja integrar as três plataformas de comunicação. Zuckerberg não deu uma data para que isso aconteça, mas a ação gerou controversa entre os usuários, que indagaram que a ação poderia abrir uma possível vulnerabilidade na rede para usuários menos experientes. Não se sabe ainda se a queda recente tem ligação com a iniciativa anunciada na última semana.

Após o anúncio o Ministério Público do Distrito Federal abriu uma investigação para acompanhar as possíveis consequências que poderiam ser geradas aos detentores dos dados pessoais, após a integração das plataformas Facebook Messenger, Instagram Direct e WhatsApp. Segundo o promotor de Justiça Frederico Meinberg Ceroy, autor do procedimento administrativo, eles pretendem acompanhar todo o processo e verificar se ele está de acordo com as normas brasileiras de proteção de dados.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO isolamento de Valtenir
Próximo artigoMaioria vota pela cassação, mas relatório contra Thelma é arquivado

O LIVRE ADS