Atividade essencial

Depois do presidente Bolsonaro, vereador de Cuiabá tenta incluir academias na lista de atividades essenciais

Imagem Ilustrativa (Foto: Freepik)

Vereador por Cuiabá, Vinicyus Hungueney (SD) apresentou um projeto de lei que pretende tonar a prática de exercícios físicos uma atividade essencial. A intenção é fazer com que academias, parque e espaços públicos voltados a essa finalidade possam reabrir na Capital.

Ao apresentar o projeto, o parlamentar reconheceu que atende a um pedido da própria categoria. Profissionais da Educação Física estão impedidos de trabalhar desde o final de março, assim que o primeiro caso de covid-19 foi descoberto em Mato Grosso.

Hungueney ainda levou – de forma remota – o presidente do Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região, Carlos Eilert, para discursar na Câmara.

Na oportunidade, ele lembrou que a categoria já apresentou aos governo municipal e estadual uma série de medidas de biossegurança que serão adotadas, caso haja permissão de reabertura.

LEIA TAMBÉM

“Não existe dúvida de que a prática de atividade física contribui, sobretudo para a manutenção da saúde, aumenta a imunidade das pessoas, reduz a depressão, segundo estudos já confirmados, e diminui o estresse”, defendeu o vereador.

Vale lembrar que academias já ganharam o status de atividade essencial por meio de um decreto do governo federal. A norma assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, no entanto, vem sendo ignorada por prefeitos e governadores de todo o país.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCovid na Câmara de Cuiabá (2)
Próximo artigo“Subestimei a doença”, diz Botelho; presidente tem 50% do pulmão comprometido