Justiça Federal deve decidir hoje se suspende ou não concurso para PM e Bombeiro

Pedido tem como base a não disponibilização das imagens da prova física aos candidatos

(Foto: Secom)

A Defensoria Pública da União (DPU) pediu a suspensão do concurso para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que está sendo realizado em Mato Grosso. A solicitação se justifica pela não disponibilização das imagens do Teste de Aptidão Física (TAF) aos candidatos. O certame da Polícia Judiciária Civil já foi suspenso pela Justiça Federal pelo mesmo motivo.

A ação ainda aguarda a decisão da Justiça Federal, que deve sair ainda hoje.

Na ação ajuizada nesta quarta-feira (25), pelo defensor público federal e regional de Direitos Humanos, Renan Vinícius Sotto Mayor, é feito o pedido para  que seja concedido o prazo de 48 horas para que o Estado e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) disponibilizem as gravações do teste.

Após a disponibilização, o defensor pede ainda que sejam reabertos os prazos recursais também por 48 horas para que os candidatos possam apresentar seus recursos administrativos.

“A suspensão do concurso enquanto as providências anteriormente requeridas não forem tomadas, pois as novas providências requeridas alterarão os cronogramas dos concursos, por esse motivo é necessária a suspensão dos certames até que as nulidades sejam sanadas”, expõe no pedido que indica ainda que deverão ser apresentados novos cronogramas, caso os pedidos sejam deferidos.

Já suspenso

No dia 19 de maio, também a pedido da DPU, o juiz federal Hiram Armênio Xavier Pereira determinou que o certame para investigador e escrivão da Polícia Judiciária Civil (PJC) fosse suspenso e que as imagens do TAF fossem fornecidas aos candidatos que solicitassem.

O magistrado deferiu ainda pela concessão de novo prazo para interposição de recursos.

LEIA TAMBÉM

O que dizem a UFMT e o Estado?

O LIVRE procurou a UFMT e o Estado que ainda não se posicionaram quanto ao pedido feito pela DPU. O espaço está aberto para as manifestações.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProjeto que reduz ICMS dos combustíveis reacende conflito entre estados e União
Próximo artigoFrente fria a caminho