Fãs de Ana de Armas processam estúdio por atriz ter sido cortada do filme Yesterday

O filme está disponível na Netflix

Um fato bizarro atinge Hollywood novamente. Segundo a Variety, dois fãs da atriz Ana de Armas estão processando a Universal pelo fato da atriz ter sido cortada do filme Yesterday (2019).

Segundo o site, Conor Woulfe e Peter Michael Rosza se sentiram enganados pela atriz estar no trailer do filme, mas ausente no filme.

Cada um deles pagou US$ 3,99 para alugar a produção no Amazon Prime Video e afirmam que o estúdio fez uma “propaganda enganosa”. De acordo com o processo:

“Os consumidores tiveram a promessa de um filme com a Ana de Armas pelo trailer de Yesterday, mas não receberam um filme com a atriz e não tiveram nenhuma compensação pela locação ou compra.”

Os dois pedem US$ 5 milhões da Universal, em nome dos consumidores afetados. O processo segue em trâmite.

Ana de Armas gravou uma pequena participação em Yesterday no papel de Roxane, mas a cena acabou cortada na versão final. O filme está disponível na Netflix.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGravações de Star Wars: Ahsoka estão prestes a começar
Próximo artigoPesquisadoras de MT desenvolvem biomembrana para tratamento de queimados