Eleições 2018: Ex-BBBs e EX-Fazenda fracassam nas urnas

Marcos Harter não conseguiu se eleger em Mato Grosso (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Gabriela de Lima, Especial para o LIVRE

Já virou moda no Brasil, a cada dois anos, muitos dos que conquistaram fama repentina com programas de televisão tentarem se lançar na carreira política.

Entre os nomes mais famosos está Marcos Harter, candidato a deputado federal pelo PSC em Mato Grosso. Participante da edição 17ª do Big Brother Brasil (BBB) e da Fazenda 9, Harter conseguiu apenas 16.305 votos, número insuficiente para garantir uma cadeira como deputado.

Também do BBB17, Ilmar Mamão concorreu a deputado federal pelo PT em Mato Grosso do Sul, mas não se elegeu com os 9.476 votos obtidos.

Mara Telles, cientista política que esteve na edição de 2018 do reality, conseguiu insuficientes 4.602 votos em sua candidatura a deputada estadual pelo PCdoB em Minas Gerais.

Quanto aos ex participantes da Fazenda, Joana Machado, que esteve na quarta edição, tentou o cargo de deputada estadual pelo MDB no Rio de Janeiro, e obteve somente 1.673 votos. Da mesma edição, Renata Banhara teve 12.434 votos e fracassou na disputa por um lugar como deputada federal pelo PRB, em São Paulo.

Vale lembrar que Jean Wyllys é uma das poucas exceções desse grupo. Deputado federal pelo PSOL no Rio de Janeiro e vencedor da quinta edição do BBB, Wyllys garantiu seu terceiro mandato, com 24.295 votos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHaddad fala em unir democratas e debater “olho no olho” no 2º turno
Próximo artigoEleição 2018 registra queda de 33% de lixo em relação a 2016 no Rio