Covid: diário da vacina #15

Prefeitura de Cuiabá quer vacinas da Janssen e já prepara "força-tarefa" para aplicar todas antes do vencimento

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) fez mais uma proposta ao governo federal com o intuito de acelerar a vacinação da população cuiabana contra a covid-19: receber uma remessa de 290 mil doses da vacina da Janssen (Johnson & Johnson), que chegam nesta sexta-feira (11) no Brasil com uma data de validade “apertada”.

O imunizante tem que ser usado até o dia 27 de junho e, para isso, Emanuel Pinheiro garante que consegue promover uma “força-tarefa”.

A “proposta” seria vantajosa para o governo federal também pelo fato de que – por ser necessária apenas uma dose da Janssen – Cuiabá necessitaria de uma quantidade bem menor de vacinas do que a citada no primeiro pedido: 640 mil.

Vale lembrar que Emanuel Pinheiro tem “usado” o fato de Cuiabá ser uma das sedes da Copa América no Brasil para “pressionar” o governo federal a enviar mais vacinas. As doses “extras”, para imunizar toda a população com mais de 18 anos de uma só vez, seriam uma “compensação” pelo evento que, em tese, pode aumentar o risco de contaminação.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProblema do MPF
Próximo artigoCom a bênção do STF