Agendamento para vacinação de idosos se esgota em 10 minutos

Etapa da campanha nacional para idosos entre 75 e 79 anos começa amanhã em Cuiabá e tem apenas metade das doses necessárias

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

O agendamento para vacinação de 650 idosos em Cuiabá foi preenchido em menos de 10 minutos, nesta segunda-feira (22). A Prefeitura anunciou para amanhã o início da imunização de pessoas entre 79 e 75 anos de idade. 

Assim como para faixas etárias anteriores, a data e a hora para comparecer ao polo de vacinação, no Centro de Eventos do Pantanal, são informadas ao fim do agendamento em link disponível do Data SUS, no site oficial da prefeitura. 

O agendamento foi liberado às 13h desta segunda-feira (22). Conforme a Secretaria de Saúde de Cuiabá, além dos 650 idosos foi liberado o agendamento para a imunização de 600 profissionais da saúde. 

Ainda de acordo com a secretaria, a quantidade de pessoas convocadas para vacinação ao dia está sendo controlada para evitar aglomeração e também extrapolar o horário de funcionamento do polo, das 8h às 18h. 

A coordenadora da campanha de vacinação em Cuiabá, Valéria de Oliveira, disse que apenas a metade das vacinas para o público de 79 a 75 anos foi enviada pelo Ministério da Saúde 

“Vamos iniciar nesta terça-feira a vacinação dos idosos de 75 a 79 anos, mas até o momento recebemos metade da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que são 7.812 pessoas dessa faixa etária. Pedimos que as pessoas que não conseguirem agendar esta semana fiquem calmos, pois à medida que formos recebendo mais doses, elas serão disponibilizadas para todos deste grupo”, disse. 

A Secretaria de Saúde informou que em uma etapa anterior, quando o atendimento seguia até 22h, o agendamento para mais de mil pessoas ao dia também se esgotou 10 minutos após liberação do acesso. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTendência na AL é reprovar antecipação de feriados; governo chama deputados para reunião
Próximo artigoAnsiedade