Voltas às aulas: governo de MT lança questionário aos pais de alunos

Ainda não há data marcada para a retomadas das atividades presenciais, mas o governo que saber o que acham os pais e responsáveis

(Foto: Assessoria/ Gecom-MT)

A volta presencial das aulas na rede pública de Mato Grosso ainda é incerta. Sem prazo definido, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) quer saber a opinião dos pais. Na internet, eles podem responder a um questionário. As respostas devem guiar a tomada de decisão do governo.

O questionário tem cinco questões. As mais importantes: se concordam com a retomada das aulas presenciais e se a criança tem algum tipo de comorbidade ou convive com alguém que tenha alguma.

O formulário com as perguntas pode ser acessado aqui.

Um estudo específico é feito pelo governo para o retorno dos alunos do terceiro ano do ensino médio. As aulas seriam feitas em modo de revezamento.

“As aulas somente retornarão com avaliação e pareceres das autoridades de saúde. O planejamento do retorno das atividades presenciais está sendo feito de acordo com o protocolo de segurança da Secretaria de Estado de Saúde (SES)”, afirmou a secretária Marioneide Kliemaschewsk.

Na semana passada, membros dos Ministérios Públicos de todos os Estados e da União se reuniram com especialistas da área da saúde. Foram consultados o epidemiologista e ex-secretário Nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, e o médico e pesquisador Fábio Jung.

Eles defenderam o retorno das aulas presenciais no país antes de haver uma vacina disponível contra a covid-19.

Fiscalização do MP

Em Mato Grosso, o promotor de Justiça Miguel Slhessarenko Júnior, da 8ª Promotoria de Justiça Cível de Cuiabá e coordenador do Centro de Apoio Operacional (CAO) em Educação, garante que o órgão vai fiscalizar os protocolos de biossegurança definidos para a volta à aulas.

“Trabalharemos num primeiro momento para fiscalizar se os protocolos de biossegurança serão devidamente cumpridos e implementados em cada unidade escolar”, disse.

O órgão também deve atuar para garantir o acesso à Educação a todos os alunos, incluindo os que estiverem em grupos de risco ou se sentirem inseguros. A solução apontada seria um ensino híbrido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPF deflagra Operação S.O.S para combater desvios de dinheiro da Saúde
Próximo artigoDecepção com Mandetta