Quais são os setores que mais vão se beneficiar do 5G no Brasil?

5G vem para revolucionar

Entre as tecnologias prometidas para a nova década, poucas são mais excitantes do que a 5G. Com o objetivo de mudar a história da conexão móvel, ela deve trazer uma gama gigantesca de novas possibilidades para diversos setores.

Com o impacto provável dessa inovação na economia, e os primeiros leilões já realizados no Brasil, separamos três áreas que mais devem se beneficiar da quinta geração das redes móveis em um futuro próximo.

Música

Já imaginou dançar com um holograma de seu músico favorito no seu smartphone? Ou assistir a um rapper cantando suas últimas músicas em um mundo virtual de 360 graus em sua sala de estar? Essas são algumas das novas experiências possibilitadas pelo 5G.

Embora você não precise da quinta geração das redes móveis para ouvir seu artista favorito, a nova tecnologia de comunicação provavelmente terá um grande papel no futuro da indústria musical.

Com isso, o 5G deverá ser uma ferramenta importante para se conectar com os fãs de um jeito jamais visto antes, com foco em experiências que vão explorar realidade virtual, realidade aumentada, streaming aprimorado e etc.

Desde a invenção do primeiro alto-falante eletrônico, a tecnologia da música possibilitou experiências melhores para os usuários. Com o passar do tempo, diferentes oportunidades de apreciar o som foram se adequando e a nova geração promete uma experiência cada vez mais íntima com o cantor.

Com o 5G, esse emparelhamento de inovação com a música está dando mais um salto à frente. Espera-se que mídia e entretenimento 5G gerem receita de US$ 1,3 trilhão até 2028.

A revista Rolling Stone prevê que esse impacto afetará as tendências musicais além dos shows no local, já que as estrelas procuram por novas oportunidades. O live streaming se tornará ainda mais atraente, pois o 5G permite que os cantores entreguem experiências digitais complexas aos fãs quase em tempo real. Artistas podem incorporar realidade aumentada — uma tecnologia que pode sobrepor elementos visuais digitais e som na visão de um usuário do mundo real para fornecer uma experiência mais rica.

Portanto, a música deve passar por um processo de revitalização no futuro e várias empresas de comunicação já estão saindo na frente para aproveitar essa mudança. Recentemente a americana Verizon fechou parceria com a Capitol Music Group para desenvolver álbuns utilizando as possibilidades da tecnologia 5G, por exemplo.

Cassino online

A tecnologia 5G pode ser uma virada de jogo para a indústria de jogos. O desempenho aprimorado e o tempo de resposta reduzido definitivamente melhoram a experiência do usuário e, portanto, geram mais engajamento para os jogadores — que gostam de gráficos mais realistas e giros mais rápidos a cada rodada. Uma plataforma única para tal que oferece todos os recursos e benefícios acima é o 888 com seu site em português, que é uma combinação perfeita para os brasileiros e é considerado um casino online muito popular tanto no Brasil quanto em Portugal.

Assim como também deve acontecer com a indústria da música, outro tipo de benefício que o jogador vai ter com a quinta geração das redes móveis é a capacidade holográfica de imersão de um cassino.

Com a rapidez e consistência da internet 5G, os desenvolvedores de jogos vão poder montar cenários que se assemelham bastante com a realidade por meio da reprodução holográfica das modalidades.

Dessa maneira, você pode estar na sala de sua casa e jogar como se estivesse em um estabelecimento físico em Monte Carlo ou Macau. Tudo com o poder da realidade virtual ou da reprodução holográfica.

Para os jogos online, a abrangência do 5G vai soar como a transição de uma geração para outra, algo como acontece com os videogames quando ganham uma nova versão totalmente atualizada.


os cassinos online já funcionam com ampla tecnologia

Videogame

Nos últimos anos, a capacidade de jogar jogos na nuvem se tornou uma grande novidade interessante do setor dos games. Com essas oportunidades, os entusiastas se divertem em tempo real utilizando apenas a força da internet, assim excluindo a necessidade de ter o título devidamente baixado e instalado no computador.

De acordo com o site RootMetrics, que testa a capacidade de resposta das redes móveis em todo o mundo, as redes 5G podem melhorar drasticamente a experiência de game na nuvem, pois o tempo de resposta entre uma solicitação do usuário e uma ação é muito mais rápido do que com as gerações anteriores de redes sem fio, resultando em menos atraso durante o jogo.

Os jogos de multiplayer nas plataformas online também devem ter um grande impacto positivo com a tecnologia 5G. Com várias pessoas jogando juntas, normalmente é difícil manter a experiência em sincronia para que cada jogador tenha a mesma renderização do jogo. Mas se todos eles estiverem conectados a redes 5G, o game pode ser muito mais suave e menos afetado — resultando em uma experiência bem mais clean.

Para se ter uma ideia de popularidade dos títulos digitais, o futebol é uma régua para medir esse nível. Em maio deste ano, a EA Sports detectou mais de 25 milhões de usuários em sua plataforma online, aumentando assim 180% em relação ao ano anterior. E esse número só deve crescer para os próximos anos.

A ascensão dos games em nuvem está coincidindo com a rápida expansão do 5G em todo o mundo, e isso está criando uma oportunidade para os desenvolvedores. No momento, os consoles oferecem as grandes experiências imersivas que a maioria dos jogadores anseia e têm títulos de franquia que usam atores de elite, narrativas ricas e gráficos aprimorados. No passado, jogos como esses seriam difíceis de imitar na nuvem por causa das redes lentas.

Justamente por isso, assim como tende a ocorrer no setor dos cassinos online e da música, os games utilizando a internet como principal característica devem ter um grande salto de popularidade e qualidade na atual década.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPropostas para construção de escolas
Próximo artigoCuiabá é referência em ortopedia oncológica pelo SUS