PGR vai investigar Kataguiri e Monark por apologia ao nazismo

As declarações durante o programa serão analisadas pelo Procurador-Geral da República

(Foto: reprodução)

O procurador-geral da República, Augusto Aras, decidiu instaurar uma investigação sobre a suposta apologia ao nazismo cometida pelo deputado federal Kim Kataguiri (DEM) e o apresentador do podcast Flow, Monark.

Durante um programa realizado na última segunda-feira (7), ambos concordaram que o nazismo é detestável, mas que não deveria existir uma lei proibindo a criação de um partido com essas ideias.

Na ocasião, Kim chegou a afirmar que foi um erro a Alemanha ter criminalizado o partido nazista. Já Monark afirmou que as pessoas deveriam ter o direito de serem nazistas.

O teor das declarações será analisado pela assessoria criminal de Augusto Aras, em função de o caso envolver parlamentar com prerrogativa de foro no Supremo Tribunal Federal (STF).

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCinebiografia de Michael Jackson, com produtor especializado, é confirmada
Próximo artigoAtriz promete que Pantera Negra 2 honrará Chadwick Boseman