Pastor é preso por estuprar sobrinha durante estudos bíblicos

Os abusos teriam começado em março e, segundo a vítima, o tio dava dinheiro a ela após os estupros

Imagem ilustrativa

Um pastor da cidade de Nova Marilândia (270 km de Cuiabá), de 63 anos, está sendo acusado de abusar sexualmente da sobrinha de apenas 12 anos.

A denúncia foi realizada pelo Conselho Tutelar, depois que a criança contou às conselheiras que vinha sofrendo abusos sexuais do marido da tia.

Segundo relato da vítima, os abusos começaram em março, quando a menina ia fazer estudos bíblicos com o suspeito.

Na primeira vez, ele a levou atrás de uma escola e tocou nas partes íntimas dela. O segundo abuso foi na casa do suspeito, durante a noite, quando todos já estavam dormindo.

A criança relatou ao Conselho Tutelar, ainda, que o tio pastor lhe dava dinheiro após os estupros. E que por duas vezes houve penetração durante os abusos.

Diante do relato da vítima, o suspeito foi preso e encaminhado para a delegacia de Nortelândia, onde o caso foi registrado como estupro de vulnerável.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPagamento do Fies será suspenso
Próximo artigoSaiba quem são os dançarinos de funeral e entenda a “piada”