Mulher é internada em Rondonópolis como paciente suspeita do coronavírus

Ela deu entrada no Hospital Regional na noite dessa quinta-feira (6) e está em isolamento

Foto por: Marcos Vergueiro - SECOM/MT

Uma mulher de 34 anos foi internada na noite dessa quinta-feira (6) como paciente suspeita do coronavírus. Ela está no Hospital Regional de Rondonópolis (220 km de Cuiabá). A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do município.

A paciente deu entrada no hospital com sintomas semelhantes ao da gripe e acabou internada em um quarto isolado por causa de sua passagem pela Ásia nas últimas semanas.

A coleta de material para análise será realizada ainda na manhã desta sexta-feira (7) e as amostras serão enviadas para Cuiabá.

Conforme a Secretaria de Saúde, o quadro da mulher é estável e não gera alerta.

A Secretaria não soube informar o período em que a mulher passou pela Ásia e nem em qual país. A China é foco dos casos do coronavírus, com registro de 99% dos mais de 30 mil pacientes considerado suspeitos, até o momento, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No início desta semana, nas redes sociais circulou um rumor de um suposto caso em uma família inteira. Eles estariam em quarentena em Cuiabá por suspeita da contaminação.

O quadro não foi confirmado pela Secretaria de Saúde da Capital, que tratou as notícias como “rumores”, mas reconheceu que investigava as informações.

Até o fim da tarde de quinta-feira não havia atualização sobre a apuração.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que o caso de Rondonópolis está sob investigação e não é considerado, até o presente momento, uma suspeita de coronavírus. Também a paciente é assistida e “recebe todo o atendimento médico necessário que o caso requer”.

Casos no Brasil

Outros Estados no Brasil também têm casos suspeitos com investigação em andamento. O Ministério da Saúde atualizou na quinta as informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

Agora, nove casos se enquadram na definição de caso suspeito para nCoV-2019, uma redução de dois casos em relação ao informe do dia anterior.

As ocorrências suspeitas estão sendo monitorados pelo Ministério da Saúde nos seguintes Estados: Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), São Paulo (3), Santa Catarina (1) e Rio Grande do Sul (3).

O ministério também já descartou 24 casos para investigação de possível relação com a infecção pelo coronavírus.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDesaposentação é ilegal!
Próximo artigoEletricista morre durante instalação de equipamentos para realização de formatura