Morre empresário baleado em Cuiabá ao ser confundido com policial federal

Homicídio aconteceu na terça, na porta de uma academia no Bairro Jardim Santa Marta, em Cuiabá

Foto: Assessoria Polícia Civil

O empresário Toni da Silva Flor, 38 anos, que foi alvejado nessa terça-feira (11) ao ser confundido com um policial federal na porta de uma academia no Bairro Jardim Santa Marta, em Cuiabá, morreu no fim da noite dessa quarta-feira (12).

Ele estava internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá desde a manhã da terça-feira. Ele passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e, segundo a assessoria do PS, teve a morte declarada às 23h58 dessa quarta.

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada para liberar o corpo da vítima.

O caso

Toni foi baleado por volta das 7h40, quando chegava em uma academia no Bairro Jardim Santa Marta, em Cuiabá. Um homem o questionou se ele era um policial federal e, quando ele foi se virar para responder, já foi alvejado.

Ao menos quatro tiros acertaram a vítima, que conseguiu correr para dentro da academia e foi socorrida por um professor e levada para um hospital.

Até o momento nenhum suspeito foi preso pelo assassinato.

Na academia realmente há um aluno policial federal e com o nome dito pelo assassino, que, curiosamente, possui o mesmo carro que Toni.

A Polícia Judiciária Civil investiga o caso.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProfessor quase é linchado após ser flagrado se masturbando para uma criança
Próximo artigoNa madrugada: fogo quase invade condomínio em Cuiabá