|Quinta-feira, 17 Janeiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Mauro quer criar gabinete estratégico com poder de guiar e corrigir todos os secretários

A reforma administrativa proposta pelo governador Mauro Mendes prevê, além da extinção de nove secretarias e seis empresas públicas, a criação do Gabinete de Gestão Estratégica do Governo

COMPARTILHECOMPARTILHE

A reforma administrativa proposta pelo governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) prevê, além da extinção de nove secretarias e seis empresas públicas, a criação do Gabinete de Gestão Estratégica do Governo. Vinculado à governadoria, a nova estrutura terá a missão de guiar e corrigir as ações de todas as secretarias de Estado, a fim de promover a integração e o alinhamento institucional.

Dentre as funções do gabinete, estão decidir de onde sairão os recursos para atender as prioridades do governo, a criação e aplicação do modelo de gestão que será seguido por todo o alto escalão e o monitoramento, avaliação e até mesmo a intervenção na execução das ações prioritárias do Executivo.

O escolhido por Mauro para comandar a estrutura também será responsável pela análise da inteligência estratégica de governo e pela gestão da política de comunicação e discurso organizacional.

Com o gabinete, o governo argumenta que pretende evitar ações incompatíveis com aquelas que foram definidas pelo alto escalão e incoerentes entre os órgãos estatais.

Extinções ou fusões

O projeto propõe o remanejamento das secretarias de Cidades e Planejamento para as pastas de Infraestrutura e Gestão, respectivamente. Já a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos deve ser extinta e suas atribuições desmembradas, entre a Secretaria de Trabalho e Assistência Social, que será renomeada como Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Direitos Humanos, e a Secretaria de Segurança Pública.

Além disso, pela proposta, a pasta de Esporte deixará de ser adjunta da Educação, passando a ser ligada à Secretaria de Cultura. Já o Turismo, que hoje está sob a Cultura, ficará vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

A reforma engloba ainda a extinção dos Gabinetes de Governo, de Comunicação, de Assuntos Estratégicos, de Articulação e Desenvolvimento Regional e de Transparência e Combate à Corrupção e da Casa Militar, cujas funções ficarão sob a responsabilidade da Casa Civil.

Em relação às empresas públicas, a mensagem pede autorização do Legislativo para extinguir a Empresa Mato-Grossense de Pesquisa e Extensão Rural (Empaer), a Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat), a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), a Central de Abastecimento do Estado (Ceasa), a Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT), e a Agência de Desenvolvimento Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá  (Agem).

O único órgão que deve ser extinto imediatamente, no entanto, é a Agem. As outras autarquias ainda devem passar por um estudo antes do início do processo.

Veja como fica a administração pública estadual com a reforma proposta:

I – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA

GOVERNADORIA:
1. Gabinete do Governador;
2. Gabinete do Vice-Governador;
3. Gabinete Militar;
4. Gabinete de Gestão Estratégica de Governo;
5. Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – CONDES;
6. Conselho de Governo.

SECRETARIAS DE ESTADO:
1. Casa Civil;
2. Secretaria de Estado de Agricultura Familiar – SEAF;
3. Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania – SETASC;
4. Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECITECI
5. Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer – SECEL;
6. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico – SEDEC;
7. Secretaria de Estado de Educação – SEDUC;
8. Secretaria de Estado de Fazenda – SEFAZ;
9. Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística – SINFRA;
10. Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA;
11. Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – SEPLAG;
12. Secretaria de Estado de Saúde – SES;
13. Secretaria de Estado de Segurança Pública – SESP.

ÓRGÃO DE REPRESENTAÇÃO JUDICIAL E CONSULTORIA JURÍDICA DO ESTADO:
1. Procuradoria Geral do Estado

ÓRGÃO DE AUDITORIA E CONTROLE INTERNO DO PODER EXECUTIVO
1. Controladoria Geral do Estado

II – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INDIRETA

AUTARQUIAS:
1. Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado – MATO GROSSO SAÚDE;
2. Mato Grosso Previdência – MTPREV;
3. Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso – INTERMAT;
4. Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso – INDEA/MT;
5. Junta Comercial do Estado de Mato Grosso – JUCEMAT;
6. Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso – IPEM/MT;
7. Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN/MT;
8. Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados – AGER;

FUNDAÇÕES PÚBLICAS:
1. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso – FAPEMAT;
2. Fundação Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT;
3. Fundação Nova Chance – FUNAC.

SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA:
1. MT Participações e Projetos S.A- MT-PAR;
2. Companhia Mato-grossense de Mineração – METAMAT;
3. Companhia Mato-grossense de Gás – MT Gás;
4. Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S.A – MT FOMENTO;
5. Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso – SANEMAT, em liquidação;
6. Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso – CEASA/MT.

EMPRESAS PÚBLICAS:
1. Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação – MTI;
2. Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural – EMPAER.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Enã, jovem autista se forma em medicina e se emociona com homenagem inesperada. Veja!
Comportamento inadequado pode fazer Hya responder por homicídio, diz delegado
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Em meio a protesto e gás de pimenta, deputados aprovam restrição da RGA e novo Fethab
Com aval de Paulo Guedes, governador de Mato Grosso decreta calamidade financeira
Em Brasília, Mauro cobra FEX e anuncia decreto de calamidade financeira em MT
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Comercialização da safra 17/18 do algodão mato-grossense entra na reta final
IBGE: PIB dos municípios do agronegócio tem crescimento médio de 13,65% em MT
Brasil vai exportar material genético bovino e bubalino para o Suriname
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Produtores de Family Guy dizem que piadas sobre homossexuais estão sendo boicotadas
Museu de Arte Sacra reabre as portas e convoca fotógrafos para exposição coletiva
Prefeitura convoca interessados em participar de projeto de celebração dos 300 anos
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Tarifas de embarque em aeroportos terão aumento de 5,39%
Macri: viagem ao Brasil é começo de salto para a frente no Mercosul
Bolsonaro defende Mercosul enxuto e com relevância
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
Sine-Cuiabá tem 79 vagas e salários de até R$ 2.300 esta semana; confira
Sine em Mato Grosso oferece mais de 1,4 mil ofertas de emprego
X