Mauro Mendes: até servidor público recebe o seguro para pescadores

Seguro-defeso estaria sendo pago irregularmente em MT

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Mauro Mendes (DEM) aproveitou a presença, em um evento pela manhã no Palácio Paiaguás, do procurador do Ministério Público Federal, Erich Masson, para puxar a orelha dos fiscalizadores da lei.

Segundo Mauro, o governo de Mato Grosso identificou milhares de pessoas que possuem a carteira de pescador e receberiam ilegalmente o “seguro-defeso” do governo federal, pago anualmente durante o período de proibição da pesca (piracema).

Mauro disse que esse é um problema que precisa ser atacado pela União. Segundo ele, até servidores públicos foram identificados recebendo os recursos. Para ele, o MPF precisa atuar nisso.

O governo propôs no meio do ano, na Assembleia Legislativa, um projeto que prevê o transporte zero de pescado em Mato Grosso.

O projeto é polêmico e gerou descontamento de comunidades ribeirinhas e até confusão no próprio governo.

Mendes quer proibir o transporte e mudar quem vive da pesca de profissão. Ao mesmo tempo, o governo quer incentivar o turismo da pesca em regiões como o Pantanal.

Leia também

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem tenta estuprar adolescente, que implora e é salva por vizinhos
Próximo artigoWolverine deve se juntar aos Vingadores na Fase 5, aponta rumor

O LIVRE ADS