Liminar obriga Unimed Cuiabá a garantir continuidade de tratamentos oncológicos

Plano descredenciou empresa e, desde então, usuários reclamam da interrupção do tratamento

(Foto: Divulgação)

O Ministério Público de Mato Grosso obteve liminar que obriga a Unimed Cuiabá a garantir a integral assistência à saúde, com a continuidade de todos os procedimentos de tratamento anteriormente cobertos, dos pacientes beneficiários do plano que faziam tratamento junto à Oncomed.

A referida unidade foi descredenciada pela Unimed Cuiabá em 31 de julho deste ano e, desde então, usuários reclamam da interrupção do tratamento.

LEIA TAMBÉM

Na decisão, o juiz da Vara Especializada em Ação Civil Pública, Bruno D’Oliveira Marques, ressalta que a assistência à saúde deve ser garantida a todos os pacientes em tratamento, ainda que já tenham sido transferidos para outra unidade credenciada, que sejam de regime de intercâmbio ou que estejam em acompanhamento preventivo (recidiva).

Os procedimentos a serem cobertos incluem consultas ou serviços oncológicos multidisciplinares de quimioterapia, radioterapia ou radiocirurgia, com a faculdade de acesso e atendimento pelos profissionais que já os acompanhavam e aos mesmos serviços de saúde anteriormente disponibilizados.

A Unimed Cuiabá Terá ainda que se abster de gerar quaisquer despesas financeiras aos consumidores/beneficiários, por negativa à continuidade do atendimento.

A liminar determina também que seja assegurada a cobertura de atendimento para o procedimento de radiocirurgia junto à clínica Oncomed todos aqueles pacientes beneficiários do plano de saúde Unimed Cuiabá que tenham prescrição médica, de forma a garantir aos referidos beneficiários o atendimento.

Reembolso

Conforme a decisão, todos os pacientes que tenham custeado com recursos próprios a continuidade do seu tratamento na clínica Oncomed, em razão do descredenciamento da unidade, terá direito ao reembolso. A Unimed Cuiabá tem 30 dias, a contar da data da entrega da documentação, para efetuar o ressarcimento ao usuário.

O descumprimento de qualquer uma das obrigações estabelecidas na decisão sujeitará a Unimed Cuiabá ao pagamento de multa diária no valor de R$ 1 mill e multa por cada descumprimento no valor de R$ 5 mil.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro diz que fila do ossinho em Cuiabá é reflexo do “fecha tudo” na pandemia
Próximo artigo“Jamais seremos motivadores de qualquer ruptura”, diz Bolsonaro a militares