Fim de contrato atrasa resultados e testes da covid se acumulam em MT

Lacen em Mato Grosso perdeu 65% da capacidade de realizar os exames. Espera por um resultado pode levar até cinco dias

(Foto: Assessoria)

O Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT) perdeu mais da metade da capacidade de processar testes da covid-19 ao dia. O problema é a falta de renovação de um contrato com a empresa responsável pelo serviço. 

A capacidade caiu de 1.148 para apenas 400 testes a cada 24 horas (-65%), justamente, no momento em que houve aceleração da incidência da doença.

Secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo afirmou que materiais para testagem começaram a acumular. 

“Nossa capacidade esteve sempre maior que a demanda recebida. No entanto, começa a demorar para divulgar os resultados dos testes que chegam do interior. O que antes estávamos analisando em 24 horas, agora está em até cinco dias”, disse.

LEIA TAMBÉM

Os testes estão sendo realizados com equipamentos da empresa Abbot. Segundo o secretário, o contrato de prestação de serviço é feito pelo Ministério da Saúde. 

É que a empresa tem interesse em atua no Brasil, mas só se puder atender altas demandas, geradas por vários Estados e Município. Dessa forma, o contrato tem que ser feito via governo federal. 

Em Mato Grosso, parte dos serviços estão desativados desde 1º de junho. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFeto é encontrado por funcionários de sistema de esgoto de Cuiabá
Próximo artigoMT tem mais de 5,5 mil médicos aptos a combater a covid-19, mas mal distribuídos