Ferrovia em Cuiabá: trem de carga não combina com cidade, adverte senador

Rumo já anunciou que traçado da Ferronorte vai passar por Cuiabá, mas trem deve passar longe do perímetro urbano

Imagem ilustrativa (Foto: Pixabay)

Você sonha em ver a ferrovia dentro de Cuiabá? Esqueça! Essa é uma das advertências feitas pelo senador Wellington Fagundes (PL). E a razão para isso é bem simples: trem de carga não combina com cidade.

“O problema da ferrovia em São Paulo é justamente este: o trem passa dentro do perímetro urbano de muitas cidades. Enquanto a gente tem um trem andando na velocidade de 80 km por hora em Mato Grosso, chega em São Paulo e passa a se locomover a 12km/h, por conta das passagens urbanas”, explica o senador.

LEIA TAMBÉM

Fagundes destaca que a renovação da outorga da Rumo Logística foi garantida justamente para tirar os trilhos de dentro das cidades e contorná-las.

Senador explica ainda que o Ferronorte, que é administrada pela Rumo e chega a Rondonópolis, está há uma distância de 30 km do perímetro urbano da cidade.

Do mesmo modo, o senador adverte que caso um ramal da Ferronorte passe até 50 km de Cuiabá, está de bom tamanho, o que não deve acontecer é passar dentro da cidade.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

23 COMENTÁRIOS

  1. Já estão nossos políticos a nos sabotar. Tirar o trem da cidade é sepultar mais fundo o transporte de passageiros por esse modal.
    E também, as cidades brasileiras crescem sem planejamento e no futuro voltam a interceptar as vias férreas!

  2. Esse senador certamente não está preocupado com trilhos dentro da cidade. Está preocupado com algum interesse financeiro, é empresa de logística, algum contatinho que não acha bom. O resto é bom pra todos.

  3. Se está fazendo os Rodoanel para uma logística melhor dentro do perímetro urbano. O a ferrovia não precisa passar dentro da cidade, mais sim no seu entorno.
    Cada coisa para enfraquecer o movimento, nós queremos o trem para diminuir o frete dos transportes.

  4. Tudo em nome das empresas de ônibus. Levante a ficha deste dito parlamentar, e vejam se ele ou algum parente dele não é proprietário de algima delas. Mais uma vez a ditadura rodoviária, dentre outras que ajudaram a afundar ainda mais este país nos últimos 70 anos.

  5. Sim, com certeza este senador, está remando contra a ferrovia com os lixos do PT fez e sabe lá quanto levou para fazer isto. De montadoras e outros interessados.
    Sim se for analisar quem fez as cidades foram as ferrovias. Observa onde tem uma estação de passageiros tem uma grande cidade. Vamos voltar sim com os trens.

  6. Olha só a colocação ( caso passar e a 50 Km da cidade ) Esse cidadão nunca jogou a favor de Cuiabá Vamos se lembrar de seu nome nas próximas eleições Não estamos falando de estética (combinar com Cuiabá ) Estamos falando de um bem de serviço

  7. Esse é ignorante de pai e mãe! Deixe de ser burro nobre senador!!! Maringá/PR o trem passa debaixo de uma das principais avenidas da cidade e você nem escuta! E estamos falando de MARINGÁ uma das melhores cidades para se viver no país hein…
    Olha vou te contar! Quem vota nesse tipo de político é ignorante e burro igualzinho.

  8. Deixar a ferrovia passar no estado apenas uma pessoa vai ganhar o dono da ferrovia. Os postos de gasolina vão fechar, transportadoras, oficinas mecânicas, borracharia lojas de pneus, auto peças, concessionária de caminhões, restaurantes na beira da BR e muitas outras empresas. Sabe quem vai ganhar quem compra o produto, vai chegar em outro país sem vários impostos que ele não aceitam. E a população brasileira vai ficar desempregada. PARABÉNS PARA ESSE POLÍTICO. ASSEGURANDO O EMPREGO DO BRASILEIRO

  9. Lamentável, na Europa o meio de transporte e trem,nos EUA,usa-se trem,mas no Brasil acham inviável,tudo e um problema, eu acho q deve ser mais difícil roubar,uma estrada super fatura aí coloca material de baixa qualidade, e da-lhe remendo tb super faturado. Acho q por isso a ferrovia e complicado no Brasil.

    • Uma coisa que todos deveriam se ligar e que quem chegou primeiro foi às ferrovias para o progresso do país aí as cidades foram crescendo e com certeza a ferrovias dentro dela . Agora corregir isso até seria fácil mas quem pagaria as obras, no exterior em algumas cidades o trem passa por baixo . É mais seguro . . .

  10. Este senador faz parte da PRAGA de POLITICHEIROS que conseguiu se eleger pelo poder financeiro de seus financiadores. Para ser contra o modal mais eficiente aplicado no mundo civilizado este ESCATÓFILO deve estar reverberado interesses particulares da indústria rodoviaria sem se preocupar com os interesses nacionais e regionais de proporcionar desenvolvimento com segurança, economia e eficiência

  11. Todos as linhas que passam dentro de cidade acabam virando problemas. Ha invasão no leito ferroviario e muitos acidentes. Exemplos em Campo grande foi extinta o ramal que passava dentro da cidade, Goiânia tbem.
    Essa ferrovia e para transporte de cargas. Um terminal de carga na periferia de Cuiabá aconteceria o que aconteceu com o terminal de Alto Araguaia! Era uma verdadeira area de prostituição, e degradação social.
    O Maior terminal Ferroviário da América Latina e em Rondonópolis e esta a 30km da cidade! E nao e.por isso que a cidade saiu perdendo, ao contrário

  12. Dada a indignação de muitos leitores por saber que a ferrovia não passará por dentro de Cuiabá e clamando por serviço de passageiros, gostaria de saber o que propõe para transporte de passageiros por ferrovia dentro de Mato Grosso e no resto do Brasil, já que fora das áreas metropolitanas como São Paulo, Rio de Janeiro e outra poucas mais, que fora o Metrô, não tem rede de trens urbanos ou suburbanos e intermunicipais e estaduais. O que o Brasil deveria fazer para melhorar isso? Seria viavel o investimento? As redes atuais servem para isso ou teriam que ser modernizadas ou refeitas? Qual seria o beneficio e como seria a duração de uma viagem de Sinop a São Paulo?

  13. Esse senador ele não pensa nos cuiabanos ,é bem estilo PT, qto pior melhor, mas hoje as coisas mudou,o povo hoje é bem esclarecido e não é mas burro, hoje o povo leem os pensamentos dos políticos e todos já viram a intenção desse cidadão que não é das melhores para os cuiabanos. Lamentável ter um senador assim.

  14. O boicote dessa Raça Maldita de Políticos contra a ferrovia passar por Cuiabá já vem sendo comentada há muitos anos e, o que é pior ainda, é que poucos deles, seja da União, Estado e Municípios, defendem essa prioridade por Cuiabá. Realmente, por questões de urbanização, não se pode passar os trilhos colados a Cidade, creio que uns 30 kms, seria o ideal. Fique esperta, CUIABÁ!

  15. Senador burro que não se importa com o desenvolvimento do país, o Brasil está a mais de um século no atraso com relação a modais de transporte mais barato e eficiente, tudo isso para favorecer uma minoria de interesse. Todo mundo sabe que o transporte ferroviário é mais barato e eficiente, mas os parasitas que apodrecem nosso país nunca se importaram com o desenvolvimento da malha ferroviária em um país com dimensões continentais como o Brasil. Que nas próximas eleições possamos baní-los e enxugar o legislativo brasileiro para proporcionar o real desenvolvimento do país.

  16. Somente com mudanças na legislação eleitoral existente, vamos nos livrar dos analfabetos políticos deste País. Ainda bem que onde Irineu evangelista se encontra, estas notícias não tem vez.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPele ressecada, não é minha filha?! Listamos 4 dicas para mudar isso
Próximo artigoCiclistas atropelados: atendimentos no SUS cresceram 57% e custam R$ 15 milhões por ano