Estudantes de MT são premiadas em Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

As estudantes fizeram a avaliação online; seis participaram e duas ganharam medalhas de bronze

Foto: Divulgação

Duas estudantes da escola estadual Professora Julieta Xavier Borges, no município de Barra do Bugres (170 km da Capital), foram premiadas na 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Emilly Vitória de Oliveira Pereira e Gabriely Barreto Teixeira, ambas no 8º ano do Ensino Fundamental, receberam medalhas de bronze.

Além delas, mais quatro alunos ficaram entre os finalistas: Emanuelly Vitoria Fernandes da Silva, Murilo Laurentino de Oliveira, Enzo Gabriel da Silva Costa e Heloísa Manuelly dos Santos.

Por causa da pandemia, o evento foi realizado de forma não presencial, no final do ano passado. A premiação foi divulgada no início deste mês.

Para Gabriely, ser medalhista foi uma surpresa e também uma forma de ganhar mais conhecimento. “Foi uma experiência nova e estou muito feliz com a premiação”, comemora.

Vitória também ficou emocionada com a medalha, pois nunca tinha feito uma prova do OBA, na modalidade virtual. “Para mim foi muito significativo ganhar essa medalha de bronze. Já tinha participado da OBA dois anos e ganhava o certificado, que também é muito importante para mim”, disse.

A Olimpíada

A olimpíada ocorre uma vez ao ano, com questões de conhecimentos científicos. Existem aplicativos de simulação para preparar os alunos com antecedência.

Para a realização da prova não presencial, o aluno recebe um link com senha individual. As questões são de múltiplas escolhas, com imagem e texto. O aluno tem três dias para acessar com horários definidos.

Incentivo

A diretora Andreia Rodrigues Geres ressalta o empenho dos finalistas nas atividades propostas. Em seu entendimento, as medalhas refletem o trabalho desenvolvido pelos alunos e pelo professor de Ciências, Jeison Lisboa Santos, que incentivou os estudantes.

“Acredito que esse resultado positivo incentiva os demais estudantes da unidade a participarem nos próximos eventos, pois todos têm suas potencialidades, habilidades a serem descobertas e consolidadas. A parceria e incentivo das famílias nas ações desenvolvidas na instituição também foram fundamentais”, avalia Andreia.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBeneficiários do Bolsa Família começam a receber auxílio emergencial
Próximo artigoMato Grosso registra redução de 18,1% no número de internações de pacientes com covid-19